«Sozinhos Juntos» é um romance desenrolado durante a pandemia covid-19. Não é o primeiro nem será o último filme com este tema em pano de fundo, mas é das obras mais positivas que vimos acerca de um período francamente horrível para a humanidade. O argumento é muito simples: June (Katie Holmes) sai de Nova Iorque no início do confinamento e aluga um Airbnb num local remoto e próximo da natureza. John (Derek Luke), o seu namorado fica na cidade, mas no Airbnb reservado para o casal está Charlie (Jim Sturgess) que também se afastou da cidade. June e Charlie, perante o cenário de “fim do mundo”, decidem partilhar a casa e criam uma relação, formando um novo casal. O filme é uma história partilhada de June e Charlie que descobrem o que realmente precisam na sua vida quando comungam do mesmo espaço e especialmente a verdade e sentimentos com alguém que partilha o dom da empatia. Mais tarde, em contraponto, surge em cena John que ajuda a reforçar a singularidade da relação de June e Charlie. Apesar de revisitar lugares-comuns da pandemia, «Sozinhos Juntos» faz efeito devido à química entre Katie Holmes e Jim Sturges. A actriz também escreveu e realizou este filme que ajudou a gerar um dos seus melhores desempenhos em largos anos. O papel da sua personagem não é superficial e, tal como muitas pessoas, lida com a ansiedade, as relações à distância e a perda de entes queridos. Ela consegue apresentar todas essas emoções com imensa naturalidade e parece que estamos a ver alguém próximo de nós. A realização também partilha dessa sensibilidade conferindo ao filme uma aura de conforto em tempo de solidão.

Título original: Alone Together Realização: Katie Holmes Elenco: Katie Holmes, Jim Sturgess, Derek Luke, Melissa Leo Duração: 98 min. Estados Unidos, 2022

[Texto publicado originalmente na Revista Metropolis nº99, Outubro 2023]

https://www.youtube.com/watch?v=AMNouWP4zVs

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.

Vais receber informação sobre
futuros passatempos.