“Esta foi a série que me fez gostar de anime” – uma amiga minha citava o seu filho adulto acerca da série de televisão Haikyu!!. Este comentário vindo de um cinéfilo não é de ignorar, ainda por cima a uma semana da estreia em cinema de Haikyu!! A Batalha na Lixeira.

Os mais maduros (como eu) lembram-se de “Campeões: Oliver & Benji” (também conhecido por Capitão Tsubasa) em que um episódio não era suficiente para atravessarem o campo de futebol, e onde cada remate permite uma análise profunda acerca da vida.

«Haikyu!! A Batalha na Lixeira» é um animal completamente diferente. É o culminar de uma rivalidade desportiva, 90 minutos de pura emoção em 3 sets dinâmicos de voleibol, tal como se estivéssemos quer no local a assistir ao enfrentar das equipas, quer no meio do campo a participar na competição. Os momentos em que seguimos o ponto de vista de um dos jogadores é magistralmente executado, onde sentimos a ansiedade e a velocidade de reação durante o jogo.

Mais que um exercício de estilo é um exemplo de desportivismo e de conduta no geral. As equipas digladiam-se numa “batalha” final, um tudo-ou-nada onde podiam facilmente perder o controlo. No entanto, apreciam os feitos do seu adversário. Desafiam-se a chegar mais longe e conseguir ultrapassar os seus limites. Um aspecto que se revê no desenvolvimento dos personagens. É Kenma, que joga apenas “porque sim”, quem tem o maior desenvolvimento. Está no ar cumprir a promessa que lhe foi feita dele sentir-se de uma forma diferente perante o que faz.
Isto é possível por ser feito por um dos ícones da animação japonesas, Production I.G, responsável por filmes como Ghost in the Shell ou as sequências animadas de Kill Bill Vol.1. Um olhar pelos créditos revela a participação de outro monstro da animação japonesa Studio 4C de onde saiu The Animatrix. O realizador Susumu Mitsunaka utiliza o ritmo das jogadas para o espectador alternar a sua atenção entre cada uma das equipas, acabando por torcer pela vitória de qualquer uma delas. É a sua capacidade narrativa que permite que entre momentos do jogo haja pequenos flashbacks, perfeitamente integrados na narrativa principal e que fornece toda a informação necessária a quem, como eu, nunca viu a série.

No espírito de «Haikyu!! A Batalha na Lixeira», temos de concentrar na positiva e apreciar este espetáculo no grande ecrã. RICARDO ANDRADE

Título original: Gekijôban Haikyû!! Gomi Suteba no Kessen Título internacional: Haikyuu!! The Dumpster Battle Realização: Susumu Mitsunaka Vozes: Ayumu Murase, Kaito Ishikawa, Yûki Kaji Duração: 85 min. Japão, 2024

[Texto publicado originalmente na Revista Metropolis nº107, Junho 2024]

https://www.youtube.com/watch?v=b01Vu8hkG0M

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.

Vais receber informação sobre
futuros passatempos.