Venom: Tempo de Carnificina/Venom: Let There Be Carnage

Venom: Tempo de Carnificina – antevisão

Venom: Tempo de Carnificina – antevisão

«Venom» (2018) foi um grande sucesso nas bilheteiras mundiais, arrecadando mais de 800 milhões de dólares em todo o mundo. Depois de uma aparição pouco conseguida em «Homem-Aranha 3» (2007), o personagem teve todo o destaque em «Venom». Tom Hardy, nomeado para o Óscar de Melhor Ator Secundário por «The Revenant: O Renascido» (2015), representou o papel principal e regressa agora para a sequela, que promete mais cenas fortes. Se no primeiro filme a luta interior entre Eddie Brock e Venom era o principal foco da obra, agora em «Venom: Tempo de Carnificina» há um vilão que assume uma maior preponderância: Cletus Kasady, o Carnage, papel a cargo de Woody Harrelson, já nomeado para três Óscares.

O personagem apareceu no final de «Venom» numa prisão e é lá que continua no início do novo filme, numa cela cheia de desenhos, que o realizador Andy Serkis explica: “A sua cela está completamente coberta com estas marcas e expressões realmente bizarras. É como a sua raiva, frustração, tristeza, desespero e solidão”. Serkis explica ainda que a personalidade de Cletus vai influenciar os seus poderes quando se torna Carnage: “Todos os simbiontes refletem a pessoa que é o seu hospedeiro. Daí a escuridão do Carnage, a sagacidade, a estranheza. O Cletus é muito inteligente e tem um verdadeiro sentido de humor, algo que queríamos transparecer no simbionte que está ligado a ele”. Andy Serkis, mais conhecido por papéis nos filmes O Senhor dos Anéis e Planeta dos Macacos, tem também já alguma experiência como realizador, tendo em «Venom: Tempo de Carnificina» o seu maior desafio a esse nível.

Além de Carnage, Venom terá de enfrentar outra vilã, Shriek, que tem o poder de manipular o som e é interpretada por Naomie Harris, nomeada para o Óscar de Melhor Atriz Secundária por «Moonlight» (2018). “Ela também é perigosa e penso que tem o seu próprio sentido de justiça. Quando essa linha é atravessada, vemos um lado muito, muito perigoso e obscuro dela. Era isso que queríamos fazer com a personagem”, afirma Serkis. A atriz norte-americana Michelle Williams, que tem quatro nomeações aos Óscares na sua carreira, está de regresso, num elenco com vários atores renomados, que é composto também por Reid Scott, Sean Delaney ou Stephen Graham.

Título original: Venom: Tempo de Carnificina Realização: Andy Serkis Elenco: Tom Hardy, Michelle Williams, Woody Harrelson, Stephen Graham, Naomie Harris. Duração: n.d EUA, 2021

ESTREIA NOS CINEMAS A 16 DE SETEMBRO