Transplant

Transplant: Refugiado Vira Médico-Sensação

Transplant: Refugiado Vira Médico-Sensação

A FOX Life estreia, hoje à noite, uma nova série médica entusiasmante, que retrata a ascensão heroica de um refugiado sírio no Canadá. Fique a saber o que pode esperar de «Transplant», que arranca com duplo episódio.

Bashir Hamed (Hamza Haq) emigrou para o Canadá na sequência da violenta guerra na Síria, que destruiu por completo a sua família. Apesar da formação em Medicina, o protagonista de «Transplant» trabalha num restaurante para se tentar manter à tona e proporcionar uma vida tão tranquila quanto possível à irmã, Amira Hamed (Sirena Gulamgaus). No entanto, quando uma carrinha atinge violentamente o espaço e os feridos se amontoam, a vida de Hamed muda, inesperadamente, para melhor.

Transplant

Com uma inteligência acima da média, apoiada num instinto muito seguro, Hamed consegue salvar vidas perante a pressão da tragédia. Contudo, o preconceito sobrepõe-se ao gesto nobre quando é o suspeito principal sem qualquer prova. O problema resolve-se rapidamente, mas funciona como uma crítica social e também um julgamento à autoridade.

Entre os acidentados encontra-se Jed Bishop (John Hannah), um médico conceituado que já tinha entrevistado o refugiado. E, já sabe, não há melhor entrevista na ficção — e por vezes na vida — do que aquela que não se prepara. Abismado pelas capacidades do jovem, Bishop contrata-o para o York Memorial Hospital.

É certo que as séries médicas são presença obrigatória quando se fala em nova temporada televisiva. Ao contrário de outros géneros, a audiência não espera propriamente uma história original ou surpreendente, mas antes uma narrativa consistente e personagens cativantes. Apesar de a fórmula ser aparente, a verdade é que nem sempre é fácil chegar aos ingredientes certos (e ao seu equilíbrio) para que resulte.

Em «Transplant», o segredo está na família Hamed, que funciona como um testemunho humanizado dos rostos por detrás da palavra “refugiados”. Além de uma linha médica consistente, com subtemas que prendem o espectador e o mantêm interessado, o lado pessoal da narrativa não deixa ninguém indiferente. Será Bashir Hamed capaz de vingar num mundo que parece inatingível, ou pelo mais difícil de conquistar, para lá de uma muralha invisível, mas aparentemente intransponível?

No elenco regular destacam-se Laurence Leboeuf, Ayisha Issa, Jim Watsone e Kenny Wong, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes