The Mandalorian T1 – entrevistas c/ o elenco

The Mandalorian T1 – entrevistas c/ o elenco

A segunda temporada de «The Mandalorian» chegou à Disney+ a Metropolis assinala o lançamento com um olhar para a temporada de estreia e a entrevista com os atores Pedro Pascal, Gina Carano e Carl Weathers que revelam os segredos da primeira temporada de «The Mandalorian».

Como podem descrever os vossos personagens na série?
Pedro Pascal: Desempenho o Mandalorian, cujo nome é Din Djarin. É um caçador de prémios. É um porreiro inveterado, tem os seus defeitos, é misteriosamente solitário.
Gina Carano: Desempenho a Cara Dune; uma ex-rebelde da infantaria da Aliança, é uma personagem solitária. A Cara perde os seus princípios e acaba num planeta onde conhece o Mandalorian. Ela é fervorosa e a adrenalina corre intensamente nas suas veias. Adoro interpretá-la.
Carl Weathers: O personagem, Greef Carga, distribui trabalhos aos caçadores de prémios. Nesta história contrata o Mandalorian.

O que podem revelar da série? Por exemplo, como o Mandalorian conhece o Greef Carga?
Carl Weathers: A missão do Greef é contratar alguém para ir a um lugar e obter algo para ele. Tenho de ser vago na minha resposta – não quero produzir spoilers – mas o Mandalorian é o único com o talento e a determinação para executar esta missão. Quando encontras uma pessoa assim, queres que ela esteja perto de ti porque é extremamente útil. A relação deles começa assim.

Como é que descreveria a relação entre Greef Carga e a Cara Dune?
Carl Weathers: Bem, a Cara tem bastantes recursos. O Greef está a tentar ver como a pode utilizá-la em seu proveito. A Cara tem um espirito guerreiro e um arsenal de talentos, por isso ele deseja definitivamente utilizar os seus serviços.

Pedro Pascal

O «The Mandalorian» desenrola-se cinco anos após «Star Wars: O Regresso de Jedi». Voltaram a visionar os filmes da série Star Wars para se entranharem nos vossos personagens?
Pedro Pascal: Sim.
Carl Weathers: Voltei a ver todos os filmes Star Wars.
Pedro Pascal: Eu também.
Gina Carano: Visionei-os por ordem. Vi-os novamente por diversas vezes porque queria perceber a história deste universo do principio ao fim.

Os filmes da saga Star Wars estão sempre envoltos num grande secretismo. Que segredos é que foi possível revelar sobre os vossos personagens?
Gina Carano: Quando estávamos em rodagem, [os produtores executivos] Jon Favreau e o Dave Filoni contaram-me um segredo sobre a minha personagem que me deixou em lágrimas. Eu afirmei, “isso é super importante, não acredito!”. Eles foram bastante seletivos acerca da informação que nos era providenciada mas fiquei bastante surpreendida com essa informação especifica que me deram.

Podem explicar como é que tiveram consciência que faziam parte do universo Star Wars?
Pedro Pascal: Para mim, foi quando coloquei o capacete. Foi isso mesmo. E por acaso, no meu primeiro encontro o capacete estava lá; para ver se me servia. E serviu perfeitamente.
Gina Carano: Para mim, foi o meu primeiro dia no set quando vi toda a indumentária da minha personagem. O Jon e o Dave fizeram um grande evento disso mesmo. Eles disseram-me, “Uau…estás impecável!”.

Gina Carano

Como foi andar pela primeira vez no set de «The Mandalorian»?
Pedro Pascal: Andar pela primeira vez nos cenários de «The Mandalorian» foi como andar numa diversão da Disneyland. A tecnologia nos sets era incrível. Absolutamente irreal! No meu primeiro dia, lembro-me de ver todo este mundo e era inacreditável.

Quais são os outros momentos no set que podem destacar?
Gina Carano: No meu primeiro dia no set, estava montada numa criatura chamada de blurrg [um animal de duas pernas que os personagens Star Wars costumam viajar, algo próximo de um cavalo]. Estava em cima dessa enorme criatura e pensei, “OK, é isto. Esta é a minha vida!”. Foi maravilhoso.

E o Carl?
Carl Weathers: Quando entrei na sala de conferências para discutir o projeto com o Jon Favreau, havia imensa arte nas paredes. Foi alguns dos trabalhos mais belos que tive oportunidade de ver e o Jon foi bastante cativante na sua descrição. E depois começou a falar-me do meu personagem e da série – pensei, “Estás a brincar comigo? Eu vou trabalhar em algo que a Disney está por detrás. Vou trabalhar num projeto supervisionado pelo Jon Favreau. E vou trabalhar numa série Star Wars”. Fazer parte deste projeto é uma das coisas mais fantásticas que me sucedeu nos últimos anos. Estive envolvido no mundo entretenimento. É impecável.

Quanto trabalho é que envolve um projeto como «The Mandalorian»?
Pedro Pascal: Não tens ideia na quantidade de star power em cada departamento que é necessário para desenvolver uma série como «The Mandalorian». Estão todos tremendamente empenhados e vai da pessoa que está a trabalhar no polimento da minha armadura até à pessoa que vai construir a nave onde vamos filmar – e isto passa-se em todo o set. Já trabalhei em alguns grandes projetos e nunca vi nada assim.

Carl Weathers

Há imensas cenas de ação na série. Vocês desempenharam os vossos próprios stunts?
Carl Weathers: Faço os meus próprios stunts. Nunca tive nestes anos todos um duplo a fazer as minhas cenas.
Pedro Pascal: Contudo, os duplos são essenciais numa produção desta magnitude. Mesmo para as pessoas mais fortes e ágeis que conhecemos. Nada podia ter sido feito sem uma incrível equipa de duplos.

E a Gina? Faz as suas próprias cenas de ação?
Gina Carano: Não quero mais ninguém a utilizar o fato da Cara Dune! Eu dizia, “A Cara está a correr nesta cena? Okay, eu corro. Não há problema. Não é necessário a presença dela [a dupla].” Detesto de ver alguém com o meu fato. Não o queria partilhar com ninguém.

Parece que divertiste imenso nesta série?
Gina Carano: Sim. Toda a gente foi fantástica. Não poderia estar mais contente. Não acredito estive a trabalhar com pessoas incríveis que elevaram a minha performance. Houve imensa paixão e bondade no set, e fizeram querer contar uma história melhor. Estou perplexa com a tremenda aceitação da série, não posso esperar que as pessoas possam ver mais da série.

The Mandalorian está em exibição na Disney+

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes