Sessão especial do filme “A Zona de Interesse”

Sessão especial do filme “A Zona de Interesse”

No âmbito da Mostra Jonathan Glazer, o Cinema Fernando Lopes em Lisboa exibe na quinta-feira, 22 de Fevereiro, pelas 19 horas, “A Zona de Interesse”, o mais recente filme do realizador britânico, estreado recentemente nas salas de cinema. A projecção do filme será seguida de uma conversa com Irene Flunser Pimentel, historiadora e autora do livro Holocausto (Temas e Debates, 2020).

Livremente inspirado do livro homónimo de Martin Amis, “A Zona de Interesse” relata a história do comandante de Auschwitz, Rudolf Höss, e da sua mulher, Hedwig, que se esforçam para construir uma vida de sonho para a sua família numa vivenda ajardinada ao lado do campo. Ao mostrar a vida quotidiana de perpetradores, em vez da das vítimas, o filme de Jonathan Glazer propõe um olhar implacável sobre a humanidade e a banalidade do mal.

Para a historiadora Irene Flunser Pimentel: “Ao representar esse irrepresentável acontecimento, através de imagens interiores e exteriores de uma casa idílica, bem como de sons, que substituem o que não se vê, “A Zona de Interesse” recordou-me o filme “O Filho de Saul” (2015), no qual, sem nunca mostrar vítimas, nem carrascos, László Nemes nos obriga a “seguir”, ouvindo e intuindo, os terríveis momentos anteriores e posteriores à morte dos judeus nas câmaras de gás. O filme de Glazer também está assombrado pela ausência das vítimas, apenas ouvidas através de gritos, tiros e da música…” (excerto de “Peço ao meu marido para espalhar as tuas cinzas no rio!” – a História e A Zona de Interesse – Jornal Público – 01/02/2024).

“A Zona de Interesse” teve estreia mundial no Festival de Cannes onde recebeu o Grande Prémio do certame. O filme também reuniu 3 nomeações para os Globos de Ouro e conta com 5 nomeações para os Óscares, incluindo de Melhor Filme e de Melhor Realizador.

Os bilhetes para a sessão podem ser adquiridos no Cinema Fernando Lopes e no site do cinema.