SEDUZ-ME SE ÉS CAPAZ

SEDUZ-ME SE ÉS CAPAZ

Divertido, mas com substância, «Seduz-me Se És Capaz» surpreende pelo seu carácter despretensioso e por uma dupla que resulta em toda a linha. A história foca-se em Fred Fred Flarsky (Seth Rogen), um jornalista cheio de convicções, e Charlotte Field (Charlize Theron), uma Secretária de Estado norte-americana que está prestes a candidatar-se à presidência do país. No passado, ela foi sua “babysitter”, mas só voltaram a reencontrar-se muitos anos depois, com Fred a cativar a atenção de Charlotte, que o contrata para escrever os seus discursos e torná-los um pouco mais airosos, numa parceria que rende muitas aventuras.

Jonathan Levine tem vindo a firmar uma carreira com filmes com um grande cunho de comédia e esse à-vontade é patente em «Seduz-me Se és Capaz». Embora não se trate de uma realização invulgar ou inventiva, Levine assume uma direção segura e que se adapta bem à narrativa. A história deambula entre momentos mais sérios e até de uma grande paródia política, retratando-se altas figuras de uma forma pouco lisonjeira e carregada de sarcasmo, para outros um pouco mais brejeiros, mas que não destoam da história. Há, também, espaço para a crítica social, com os estereótipos da sociedade a serem esmiuçados à lupa.

O elenco é responsável pela concretização de vários momentos cómicos, com uma escolha certeira de atores. Além do belo trabalho dos intérpretes secundários, os protagonistas são magnetizantes, a solo ou em conjunto. Seth Rogen está na sua zona de conforto e convence no papel de um jornalista convicto mas que se vê obrigado a rever alguns dos seus ideais, enquanto Charlize Theron demonstra confiança num tipo de papel que não lhe é tão habitual.

Embora a linha narrativa seja abordada de forma leve e despudorada, há alguns aspetos mais sérios que vão sendo espicaçados, o que eleva um pouco a obra, juntamente com uma banda-sonora eficaz. «Seduz-me Se és Capaz» não é uma comédia disruptiva ou uma grande surpresa, mas cumpre mesmo aquilo que promete: muitos momentos divertidos, satisfazendo-se, assim, o objetivo derradeiro de qualquer comédia.

*«Seduz-me se és Capaz» está em exibição nos canais TVcine

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes