O Pai da Noiva

O PAI DA NOIVA

O PAI DA NOIVA

«O Pai da Noiva» chegou pela terceira vez ao mundo do cinema em 2022. A primeira adaptação do romance de Edward Streeter (publicado em 1949) estreou nos cinemas em 1950 pela mão do lendário Vincente Minnelli, e contava com dois míticos actores: Spencer Tracy e Elizabeth Taylor. A versão de 1991, da Disney (produzida pela extinta Touchstone Pictures), é provavelmente a que está mais viva na memória dos espectadores, tinha como cabeça de cartaz o comediante Steve Martin. A estrutura da história em 2022 mantém-se: os receios do pai da noiva que vê a sua filha favorita a querer dar o nó e as apreensões do pai face aos atributos do seu futuro genro. Mas esta narrativa ganha com uma mudança de roupagem e de ritmo, indo beber ao legado latino, com a referência aos fortes laços familiares tradicionais da cultura latina a assumirem protagonismo na história. No papel central temos duas figuras populares de expressão latina: Andy Garcia e a cantora Gloria Estefan. Estes são os pais da noiva protagonizada com fulgor por Adria Arjona. Além da fórmula central são criadas algumas interessantes subtramas sendo que a principal reside na separação dos pais da noiva enquanto a sua filha ambiciona casar criando a (re)descoberta do amor dos pais através das afinidades do seio familiar. «O Pai da Noiva», da HBO Max, é uma comédia romântica ligeira que ganha com o twist latino e joga com o humor de alguns lugares comuns. E conta com um sólido desempenho de Andy Garcia, a relembrar a casmurrice interpretada por Spencer Tracy na versão de 1950.

Título original: Father of the Bride Realização: Gary Alazraki Elenco: Andy Garcia, Gloria Estefan, Adria Arjona, Diego Boneta Duração: 117 min. EUA, 2022