O LIVRO DAS SOLUÇÕES

O LIVRO DAS SOLUÇÕES

É inebriante o perfume de autobiografia que rodeia «O Livro Das Soluções» («Le Livre Des Solutions»), ainda que o seu realizador autor, o francês Michel Gondry, negue-se a assumir as semelhanças. Quase 20 anos se passaram desde que «O Despertar da Mente» [«Eternal Sunshine of the Spotless Mind»] (2004) reinventou a amálgama da memória com o querer. O seu realizador, um mito dos videoclipes, regressou às telas em maio do ano passado, na Quinzena de Cannes, com o desejo de expor as vísceras da sua profissão. Para isso, foi narrar as peripécias de Marc, cineasta bipolar interpretado por Pierre Niney. Ninguém na classe cinematográfica o entende. Gondry sabe o que é isso, pois passou por um flop com «L’écume des jours» [Spray of the Days], de Boris Vian. A sua versão para o grande ecrã, «A Espuma dos Dias» [«Mood Indigo»] (2013), gastou aos tubos e não faturou o que e o quanto esperavam. Mas ele seguiu em campo. A lépida trilha sonora de Étienne Charry e a direção de fotografia dionisíaca fotografia de Laurent Brunet escudam bem seu retorno aos écrans em «O Livro Das Soluções».

Envolvido faz pouco com a série «Kidding», com Jim Carrey, Gondry faz de Marc um tipo que não perderia tempo com narrativas serializadas por se achar kubrickiano demais para isso. A sua empáfia é seu ponto fraco, mas é dela que vem a ideia de criar uma espécie de Dogma que o ampara.

Ao contrário de Gondry – que chegou a filmar a adaptação do seriado “Green Hornet”, sobre o super-herói Besouro Verde -, Marc dá as costas para Hollywood… e para os Césares… e para quem possa financiá-lo. A ameaça da bancarrota alimenta a sua criação. Os personagens que o cercam precisavam de mais confecção na forma. Mas o desempenho de Niney é capaz de surpreender. Igualmente surpreendente é Charlotte, parceira de Marc interpretada por uma (sempre) inspirada Blanche Gardin.

Título original: Le livre des solutions Realização: Michel Gondry Elenco: Pierre Niney, Blanche Gardin, Françoise Lebrun Duração: 102 min. França, 2023

Foto © LDS – PartizanFilms