O GUARDA-COSTAS E O ASSASSINO

O GUARDA-COSTAS E O ASSASSINO

Uma comédia de acção com dois actores americanos a fazerem estragos Europa fora. O cenário e o sabor europeu é um sinal mais e um dos escapes de «O Guarda-Costas e o Assassino». O filme conta com a participação de Joaquim de Almeida que interpreta pela milésima vez, em modo type casting, mais um mau da fita. A fórmula junta dois antagonistas que têm de fazer pela vida quando um antigo guarda-costas de luxo é obrigado a proteger o seu némesis. Michael Bryce (Ryan Reynolds) caiu na desgraça depois do seu cliente ter levado com uma bala na cabeça e provocado o fim do seu negócio de proteção cinco estrelas. Fast-forward e o herói desta história continua exímio no seu trabalho mas vive de biscates rasca, com perigos elevados, e é nesse enquadramento que a ex-namorada (Elodie Yung), que trabalha para a Interpol e que acaba de sofrer uma emboscada, lhe pede para proteger um assassino profissional (Samuel L. Jackson) que deve ser entregue ao Tribunal Internacional de Haia para testemunhar contra um criminoso de guerra (Gary Oldman). A aventura e a acção arrancam quando “policias e ladrões” estão à perna dos dois improváveis companheiros que vivem do improviso e debitam grandes stunts e muito humor numa narrativa óbvia mas que cumpre a missão de entreter a rodos!

Título original: The Hitman’s Bodyguard Realização: Patrick Hughes Elenco: Ryan Reynolds, Samuel L. Jackson, Gary Oldman, Elodie Yung, Joaquim de Almeida. Duração: 118 min. EUA/Reino Unido/Hong-Kong/França, 2017

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Artigos