O Fantástico Homem-Aranha: O Poder de Electro

O FANTÁSTICO HOMEM-ARANHA: O PODER DE ELECTRO

O FANTÁSTICO HOMEM-ARANHA: O PODER DE ELECTRO

A sequela do “reboot” «O Fantástico Homem-Aranha» é uma lufada de ar fresco na história do aracnídeo no grande ecrã, neste caso replicado como nunca antes tínhamos visto numa soberba transferência em 4K para a imperdível edição Blu-ray.

O filme embarca em múltiplas narrativas com diversos pontos de interesse. Mais do que a adaptação de um “comic”, estamos no interior de uma saga com vários tomos: o desaparecimento dos pais de Peter Parker (Andrew Garfield cada vez melhor dentro e fora do fato de super-herói); os sacrifícios deste na protecção daqueles que ama, especialmente a namorada Gwen Stacy (Emma Stone, cheia de talento e expressividade); e a ténue fronteira entre o bem e o mal que adultera homens em vilões corrompidos pelo egoísmo e a ambição. Tudo isto embalado por uma realização de topo sobre a batuta de Mark Webb e o argumento primoroso de Alex Kurtzman e Roberto Orci.

Nada a apontar na linha dramática e emocional da narrativa com um elenco equilibrado que dá significado a todo o poderio de efeitos especiais. O final apoteótico é cruel, mas faz justiça a um dos momentos fulcrais na definição deste super-herói da Marvel.

Título original: The Amazing Spider-Man 2 Realização: Marc Webb Elenco: Andrew Garfield, Emma Stone, Jamie Foxx, Paul Giamatti, Dane DeHaan, Felicity Jones, Sally Field 142 min. EUA, 20140

[Texto originalmente publicado na revista Metropolis nº24, Dezembro 2014]