Metropolis 81

O SEGUNDO NATAL EM PANDEMIA

O regresso aos cinemas vai sendo uma autêntica montanha russa: no último trimestre do ano, os espectadores reentraram nas salas acompanhando filmes totalmente distintos, como os sucessos planetários «007 – Sem Tempo Para Morrer» e «Duna» (ambos totalizaram mais de 600.000 espectadores em Portugal), ou o documentário «A Metamorfose dos Pássaros» (visto por mais de 10.000 espectadores e com uma média por sessão elevada) que Portugal indicou no processo de pré selecção para melhor filme internacional na 94ª edição dos Óscares da Academia das Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

No entanto, dezembro começa com o desconforto provocado pelo surgimento de uma nova variante, a Omicron, que lança incertezas sobre o comportamento do público nas últimas semanas de 2021, um momento do ano relevante do ponto de vista das estreias e da oferta de cinema destinada ao público familiar.

Será um mês exigente para filmes como as animações «Cantar! 2» e «Encanto», o remake «West Side Story», de Steven Spielberg , e a sequela «Caça-Fantasmas – O Legado», ou «Casa Gucci», de Ridley Scott, que cativou os espectadores e liderou a bilheteira nacional no fim de semana de estreia.

Cá estaremos no final do ano para avaliar os resultados da exibição, mas num momento mais restritivo do ponto de vista social a METROPOLIS continua a partilhar as suas escolhas com os leitores. Neste número vão encontrar uma série de protagonistas de filmes que poderemos ver no período festivo de natal e uma sugestão incontornável para descobrir no ecrã de casa – a série «Glória» que Tiago Guedes realizou para a plataforma Netflix.

TIAGO ALVES

Artigos recentes

Men

MEN

Rodado em plena pandemia, no ano passado, «Men» assinala o regresso de Alex Garland à

Ler artigo »