Metropolis 74

TEMPORADA DE PRÉMIOS E ANTEVISÃO

Como escrevemos no número anterior, quando escolhemos os melhores filmes do ano, 2019 foi extraordinário para o cinema. Essa impressão saiu reforçada com a consagração surpreendente de «Parasitas» na cerimónia dos Óscares. Este número ainda reflete o cartaz da temporada de prémios com as estreias de dois filmes bem nomeados – dedicamos atenção ao virtuosismo técnico de «1917» e à nova adaptação do romance Mulherzinhas», além de traçarmos os perfis de Sam Mendes e Saoirse Ronan.

Com a antecipação da cerimónia para o início de fevereiro, os Óscares deixaram de ser o climax da temporada de prémios. Ainda há outros momentos marcantes no calendário, nomeadamente em Portugal e França. Esperamos pelos Sophia e queremos ver o que sucederá com Roman Polanski nos César da Academia de Cinema Francesa. «J’ Accuse – O Oficial e o Espião» está nomeado em 11 categorias e nesta edição há espaço para relembrar o percurso de Polanski, sobrevivente do holocausto que continua a viver no seu gueto.

Chegados aqui também é o momento de olharmos para a frente e antecipar o que vamos ver este ano, desde «Birds of Prey – A Fantabulástica mancipação de Uma Harley Quinn» até «West Side Story». Na antevisão de cinema da METROPOLIS cabem cerca de 30 filmes, incluindo a referência a uma dezena de produções nacionais que vão estrear durante o ano.
Nesta edição também quisemos partilhar a entrevista com Karim Aïnouz e assinalar a primeira estreia brasileira do ano nos cinemas portugueses – «A Vida Invisível», um melodrama cinematográfico que pisca o olho ao público da novela.

TIAGO ALVES

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Arigos recentes