Page 3 - Revista Metropolis nº80 - Dune
P. 3

METROPOLIS






                                                                      JÁ CHEGAMOS
               DIRECTOR
               Jorge Pinto                                      AO PLANETA ARRAKIS

               EDITOR                                  A  rentrée de cinema fica marcada pela estreia de «Dune - Duna», a nova
               Tiago Alves                             visão 'futurista' de Denis Villeneuve, adaptando as novelas de Frank Herbert
                                                       originalmente publicadas em 1965. Estamos de novo no árido e escaldante
               EDITORA DE TELEVISÃO                    planeta Arrakis, revendo uma obra que David Lynch tinha filmado em 1984.
               Sara Quelhas
                                                       A estreia do filme foi sendo adiada devido às restrições impostas pela pandemia
               REDACÇÃO                                que  limitavam  o  funcionamento  normal  e  pleno  das  salas  de  cinema.  Sendo
               Catarina Maia                           que os melhores ou piores resultados de «Dune» não dependiam apenas das
               Nuno Antunes                            condições de exibição cinematográfica. O 'remake' foi sempre encarado como
               Tatiana Henriques                       um projeto desafiador, considerando que a obra de David Lynch foi um fracasso
               Sérgio Alves                            financeiro e é um filme de culto dentro do género da ficção científica.

               COLABORADORES                           «Dune», o filme a que damos mais atenção neste # 80 da METROPOLIS, era um
               Hugo Gomes                              desafio de produção que permitia avaliar a capacidade dos estúdios de cinema
               Inês N. Lourenço                        norte-americanos criarem um filme de sucesso com densidade narrativa e
               Luís Salvado                            relevância temática. Além disso, esta estreia sucede numa época disruptiva para
               Marco Oliveira                          a distribuição cinematográfica, como se verificou em vários países onde o filme
               Rui Pedro Tendinha                      foi exibido simultaneamente em sala e na plataforma HBO Max. Os resultados
               Rita Fonseca                            confortaram a Legendary e Warner Bros que já anunciaram a parte II. É relevante
               Rodrigo Fonseca                         concluirmos esta viagem, considerando que o filme é hoje mais urgente do
               Sara Afonso                             que pareceu nos anos oitenta do século passado ao abordar problemas como a
                                                       desertificação e exploração dos recursos naturais,
               DIRECÇÃO ARTÍSTICA
               Maria João Barcelos                     O destino de «Dune» começou a ser traçado no festival de Veneza. Neste número
                                                       voltamos a assinalar algumas das estreias mundiais dos festivais de outono que o
               SITE                                    público português já pode ver ou vai ver em breve nas salas de cinema.
               Teófilo Martins - Mistério Frenético
                                                                             tiago alves
               imagem de capa
               © 2021 Legendary and Warner Bros. Ent. All
               Rights Reserved




                NOVEMBRO 2021 - NÚMERO 80


                     metropolisredacao@gmail.com
                   facebook: revistametropolisportugal
   1   2   3   4   5   6   7   8