Page 10 - Revista Metropolis nº80 - Dune
P. 10

dune








               O romance de Frank Herbert
               regressa novamente ao grande
               ecrã. Com um elenco recheado
               de estrelas e muitas expectativas,
               a nova adaptação de um dos
               marcos da literatura de ficção
               científica é uma das obras mais
               esperadas dos últimos anos.
               Saiba mais, neste especial da
               METROPOLIS, sobre «Dune-
               Duna», o novo ambicioso projeto                                                                                                                                                                                                fotos: © 2021 Warner Bros. Entertainment Inc. All Rights Reserved.
               de Denis Villeneuve.

                      TATIANA HENRIQUES










                     HISTÓRIA


               Num futuro distante, os planetas
               são liderados por casas nobres
               que fazem parte de um império     O DESAFIO DE PASSAR DUNA PARA O ECRÃ
               feudal intergalático. A família do   O romance  de ficção  científi-  transformado em filme em «Blade               do livro, o leitor depara-se com  Começando pela ideia do realizador  luz do dia em 1984, com Kyle
         UNE   Chalamet) assume o controlo do   ca “Duna”, de Frank Herbert, foi   Runner - Perigo Iminente» (1982),               conspirações, estruturas sociais in-  Alejandro Jodorowsky, considerado  MacLachlan como protagoni-
               jovem Paul Atreides (Timothée
                                                                                                                                   trincadas, reflexões filosóficas, mis-
                                                                                                                                                                                                     sta, além de uma participação
                                             lançado em 1965. É considerado,
                                                                              ou “História da Sua Vida e Outros
                                                                                                                                                                    como muito ambicioso. O cineas-
               planeta deserto Arrakis, também
         D     conhecido como Duna, o único   até hoje, como um título de relevo   Contos” (1998), de Ted Chiang - que             ticismo, metáforas para a relação do  ta chamou, para o projeto, artistas  de Sting. Mas a história foi
                                             do género, um marco na literatura,
               local onde se pode encontrar
                                                                              seria  adaptado  para  o  grande  ecrã
                                                                                                                                   homem com a natureza ou vermes  como H.R. Giger, para desenhar o  contada  de  forma  apressada
         CIAL  uma especiaria de  elevada    que inspirou muitos escritores e   em «O Primeiro Encontro» (2016).                   de areia gigantes. É muito para con-  universo de Duna, e Salvador Dalí,  e o resultado não impression-
                                                                              Mas, com “Duna”, a missão de ad-
                                                                                                                                   tar, tornando a tarefa de condensar  para interpretar o Imperador Padis-
               importância, um recurso muito
                                             cineastas. E são vários os casos de
                                                                                                                                                                                                     ou, tendo rendido algumas das
                                                                              aptação parece quase impossível.
                                             obras literárias de  ficção científi-
               procurado por todos. Tal faz com
                                                                                                                                   tudo num filme como algo deveras  hah por um valor de 100 mil dólares  piores críticas da carreira de
         ESPE  que Arrakis se torne num planeta   ca que chegaram depois ao cinema   Ora, dizer que a obra de Frank Her-           desafiante. E houve já quem tivesse  por hora. Grande parte do orçamen-  Lynch, que, na verdade, é um
                                                                                                                                   tentado,  mas  o  resultado  não  caiu  to foi gasto sem filmar qualquer cena  dos  mais reconhecidos  cineas-
               difícil de governar e a família
                                             com sucesso, como “Blade Runner:
                                                                                                                                                                    e a ideia acabaria por não avançar.  tas norte-americanos.
                                                                                                                                   nas boas graças de fãs e crítica.
                                             Do Androids Dream of Electric
               Atreides passe a ser o alvo da
                                                                              bert é complexa é quase um eufemi-
               perigosa Casa Harkonnen.
                                                                              smo. Ao longo das muitas páginas
                                                                                                                                                                    Já o projeto de David Lynch viu a

                                             Sheep?” (1968), de Philip K. Dick -
                                                                                                                                                                                                                                           11
                                                                                                                                                                                                              METROPOLIS NOVEMBRO 2021    11
   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15