Olhares do Mediterrâneo

Festival Olhares do Mediterrâneo 2021

Festival Olhares do Mediterrâneo 2021

O Olhares do Mediterrâneo – Women’s Film Festival arranca a sua 8.ª edição, a 10 de
novembro, no Cinema São Jorge, com duas ideias em mente: criar laços e quebrar fronteiras.
Por isso, a sessão de abertura do Olhares do Mediterrâneo – Women’s Film Festival será
também a sessão de encerramento da Festa do Cinema Italiano, numa simbólica passagem
de testemunho para celebrar o cinema e a criatividade do Mediterrâneo.

Via Comunicado


Os dois festivais juntam-se por uma noite de festa, para apresentar, em estreia nacional, o filme
As Irmãs Macaluso (Le Sorelle Macaluso), terceira longa-metragem da aclamada dramaturga
e realizadora Emma Dante, que conta a história de cinco irmãs e de como o tempo atravessa
as suas relações e a forma como vivem. Esta produção italiana, que esteve em concurso no
Festival de Veneza 2020, conta a história de Maria, Pinuccia, Lia, Katia e Antonella. A infância,
a idade adulta e a velhice de cinco irmãs nascidas e criadas num apartamento no último andar
de um prédio nos arredores de Palermo. Uma casa que carrega os sinais do passar do tempo
dos que cresceram e dos que ainda vivem. A história de cinco mulheres, de uma família, das
que vão embora, das que ficam e das que resistem. Emma Dante, uma das mais importantes
dramaturgas da sua geração, traz para a tela uma das suas obras teatrais mais aclamadas.

Olhares do Mediterrâneo


Na sessão de encerramento, a 14 de novembro, é apresentado Holy Boom, da grega Maria
Lafi. Este drama sombrio, coproduzido por Grécia, Albânia e Chipre, expõe a invisibilidade dos
imigrantes, os que são obrigados a viver à margem da legalidade e os que são simplesmente
transparentes por não terem raízes no país em que se encontram. Num bairro popular de
Atenas, as vidas de quatro desconhecidos são arruinadas quando um grupo de adolescentes
faz explodir um marco de correio, destruindo alguns documentos de importância vital: uma
certidão de nascimento, a carta de um filho perdido, um lote de autocolantes embebidos em
LSD… Na eterna luta pela sobrevivência, as histórias de Ice, Thalia, Adia, Manou e Lena
convergem, num final que não é feliz, mas deixa ainda espaço à esperança.

Em 2021, o Olhares do Mediterrâneo – Women’s Film Festival celebra a força e resiliência
do cinema feminino e mediterrânico trazendo ao público português 45 obras cinematográficas,
sete das quais portuguesas, incluindo a estreia absoluta do documentário Elas Também
Estiveram Lá, de Joana Craveiro, baseado no espectáculo teatral homónimo. Uma
longa-metragem sobre a visibilidade e a invisibilidade das mulheres nos processos históricos,
tanto durante a ditadura de 1926-1974 como no processo revolucionário de 1974-1975. A
projecção do filme será seguida por uma mesa redonda, com a presença da realizadora e
várias convidadas.


Olhares do Mediterrâneo – Women’s Film Festival apresenta quatro secções competitivas –
Competição Geral Longas, Competição Geral Curtas, Competição Travessias, Competição
Começar a Olhar – e uma série de atividades paralelas que incluem mesas redondas,
masterclasses e workshops para adultos e crianças, não faltando sessões para famílias e
escolas e uma curta portuguesa com audiodescrição.


O Festival é um projeto do grupo Olhares do Mediterrâneo e do CRIA (Centro em Rede de
Investigação em Antropologia).

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Artigos