É Feliz o Homem que É Alto?

É Feliz o Homem que É Alto?

A dupla improvável: Noam Chomsky & Michel Gondry, o choque entre a autoridade do “mais importante pensador da atualidade” e a atitude descomprometida e nervosa de Gondry resultam surpreendentemente bem juntas. É engenhoso e divertido o modo como o realizador se apropria dos pequenos mal-entendidos, das falhas de comunicação, e mistura, no seu estilo inconfundível e artesanal, a teoria com questões muito pessoais. Ao contrário do que se tem dito, não é preciso conhecer a fundo o trabalho pioneiro do linguista, o filósofo e o ativista que é Noam Chomsky para conseguir desfrutar deste filme.

A curiosidade é sempre a melhor atitude para se lavar para uma sala de cinema, ela é antagonista do preconceito que, especialmente neste caso, pode perturbar a dinâmica leve do filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Arigos recentes