«Clouds» Disney+

«Clouds» Disney+

Neve Campbell e Fin Argus em entrevista

«Clouds» é o último sucesso da Disney+, um filme com um sólido elenco de jovens atores e uma das estrelas da companhia, Sabrina Carpenter dá o salto para um drama romântico baseado em factos verídicos. O filme conta com as participações da experiente Neve Campbell e do músico e ator Fin Argus, a obra é assinada pelo jovem realizador Justin Baldoni.

«Clouds» retrata a história de Zach Sobiech um jovem do Minnesota nos Estados Unidos, um doente terminal com osteossarcoma que deixou-nos uma inspiradora história. Zach não baixou os braços perante o inevitável desfecho agarrou-se à vida e lutou pelos seus sonhos realizando o desejo de gravar a sua música criando o tema “Clouds” que se tornou um mega sucesso viral, até à pouco tempo o vídeo atingiu as 15 milhões de visualizações no YouTube. O filme relata não só o sucesso estratosférico de Zach mas também a sua filosofia de vida e as relações de amizade e amor do jovem. Justin Baldoni, realizador deste filme, esteve em contato com Zach Sobiech em 2013 aquando a realização da série documental «My Last Days» sobre histórias de motivação e esperança de doentes terminais perante o destino. Anos mais tarde, num feliz acaso, conjugaram-se todos os ingredientes para este projeto chegar aos ecrãs ganhando o mesmo especial importância quando a plataforma emergente de streaming, a Disney+, tornou-se a casa de «Clouds».

Sabrina Carpenter e Neve Campbell


A Disney+ proporcionou à revista Metropolis a oportunidade de entrevistar o elenco e o realizador. As conversas com os atores e o realizador foram agradáveis e com bastante detalhes na criação de «Clouds», um projeto com enorme significado de esperança e resiliência nos tempos em que vivemos.
Neve Campbell tem na bagagem imensa experiência, longínquos vão os tempos de «Scream». A atriz tem uma bela interpretação no difícil papel de Laura Sobiech, a mãe de Zach, uma figura que faz tudo para não perder o seu filho, uma performance bem conseguida e tridimensional que ganha o seu espaço além da trama central de «Clouds». No caso de Fin Argus, que já tinha comprovado os seus dotes musicais teve neste projeto a oportunidade de representar e foi uma agradável surpresa pelo desempenho como ator, o argumento acarinhou a sua performance e não deixou cair na rotina a figura de Zach. Segue a primeira parte das entrevistas com o elenco e o realizador de «Clouds» da Disney+.


Como é que se envolveram neste projeto?
Neve Campbell:
Enviaram-me o argumento e tomei conhecimento da história em torno do Zach, depois li o livro da Laura Sobiech. Enamorei-me pela história de Zach, fiquei perplexa e o livro da Laura mexeu comigo. Tive uma conversa com o Justin Baldoni, que tinha sido um bom amigo do Zach e desejava contar esta história ao mundo, foi assim que me envolvi.

Fin Argus: Inicialmente soube da história do Zack em 2013 e o tema musical “Clouds” estava com um sucesso enorme, era número no top da iTunes. Na altura conectei-me imediatamente pois algo semelhante estava a passar-se na minha família, adorava a canção e aprendi logo a tocá-la na minha guitarra. No ano passado tive a oportunidade de fazer a audição para «Clouds» e voltei a estar em contacto com a inspiração que é Zach Sobiech. Entrei no processo da audição e fiquei emocionalmente conectado ao Zach, só o facto de ter feito a audição já foi o suficiente para mim, senti-me ligado a algo maior. E depois ter a honra de interpretar uma figura como o Zach foi uma oportunidade única, senti que fazia parte de uma nova família. É uma história fantástica e foi extraordinário fazer parte da mesma, estou eternamente grato.

Nos créditos finais do filme vemos imagens de ambos com a família e amigos de Zack, podem partilhar connosco como foi esse relacionamento?
Neve Campbell:
Acabei de ler o livro da Laura na noite anterior ao meu primeiro encontro com a mãe de Zack, estava na cama ao lado do meu marido e derramava lágrimas, o meu marido perguntava se eu estava bem, o que estava a ler das memórias de Laura com o seu filho era incrível. Fiquei maravilhada de conhecer a Laura, inicialmente estava com receio devido ao facto de ter de interpretá-la e honrar a memória do Zach. Fiquei comovida com a coragem e a sua força mas também a sua honestidade sem reservas sobre a história e a jornada que passaram. Ela foi bastante amistosa e recetiva no nosso encontro e mais tarde ajudou-me em tudo o que precisei para interpretá-la, durante a rodagem enviou-me mensagens sms quando lhe perguntava antes de uma cena sobre como ela se sentiu naqueles momentos. Também perguntei o que seria sincero e bom para ela no decurso de uma situação recriada no filme, qual era o seu diálogo ou as palavras que usou naquele momento. Ela foi bastante generosa, foi uma experiência incrível, fomos juntas ao ballet em Montreal, também jantamos e convivemos, foi uma bela experiência.

Fin Argus: A minha primeira introdução ao universo mais intimo penso que foi através das redes sociais, depois de ter sido escolhido para interpretar o papel de Zack, recebi uma notificação no Instagram que a Sammy [Brown] e a Amy [Adamle] estavam a seguir-me, foi aí que começamos a falar. Depois as interações com a Sammy vim mais tarde a descobrir que era a mesma conexão que ela teve com o Zach. Mais tarde tive obviamente a oportunidade de conhecer as pessoas e isso foi divertido. Temos imensas imagens do nosso encontro com os amigos e familiares do Zach isso foi muito bom mas também foi agradável ter conseguido conhecê-los sem as câmaras por perto e estar com eles como pessoas reais esses momentos, numa perspetiva pessoal, foram incríveis terem acontecido. Depois conhecer as suas histórias foi algo inspirador para mim como pessoa, acrescentar a isso tudo a felicidade de interpretar o Zach no filme abriu-me uma janela para como o mundo é. Senti afortunado para a abertura deles, abriram-se com o elenco e a produção do filme, não poderíamos ter feito «Clouds» sem o seu auxilio, graciosidade e generosidade.

Com a experiência da Neve Campbell como foi trabalhar com os jovens talentos como o Fin Argus e a Sabrina Carpenter?
Neve Campbell:
Fiquei honestamente surpreendida com estes jovens, eles são tão talentosos, eles cantaram juntos no primeiro ensaio de leitura do argumento que deixou-nos todos perplexos, têm vozes que são muito especiais. E mesmo nessa leitura o Fin agarrou logo o seu papel, foi perfeito, a sua performance pormenorizada, honesta e humilde. A Madisson também esteve muito bem, fomos felizardos com estes atores, o Justin fez um trabalho espetacular com o casting neste filme ao encontrar as melhores pessoas para estes papéis. Os atores estão à medida destes personagens e interpretam-nos de uma forma muito bela. Estou bastante grata pelo resultado, tinha os meus receios por ser uma história baseada em factos verídicos, queremos que resulte e que tenhamos um bom casting. Quando ouvi a leitura do argumento com os atores percebi logo que estava rodeado de talentosos atores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes