Armadas e Perigosas

ARMADAS E PERIGOSAS

ARMADAS E PERIGOSAS

A ideia por detrás de «Armadas e Perigosas» é simples – fazer uma versão feminina da fórmula policial de acção e comédia buddy-cop, popularizado sobretudo nos anos 80 em filmes como Lethal Weapon – Arma Mortífera. Estão lá todos os ingredientes: dois polícias com muito pouco em comum; chefes que lhes fazem a vida negra; vilões com autênticos exércitos de criminosos; confrontos em armazéns semi-abandonados; e uma antipatia inicial que se transforma em respeito mútuo.

Sandra Bullock interpreta uma agente do FBI que faz tudo para ser respeitada, uma profissional que acredita na decência humana e em cumprir todos os regulamentos. Melissa McCarthy é uma polícia sem quaisquer restrições – legais ou verbais – que cresceu e trabalha nas ruas e acredita na justiça – desde que esta seja directamente aplicada no lombo dos suspeitos. Ambas as mulheres são autênticas guerreiras, e ambas têm o seu próprio (e completamente oposto) plano para prender um misterioso traficante de droga.

Esta é mesmo uma nova e fresca abordagem ao buddy-cop. O realizador norte-americano Paul Feig acertou em cheio ao apresentar duas protagonistas cheias de ‘bagagem’ emocional, revelada de uma forma (quase) verosímil e sem lamechices. Funcionam não só por serem desempenhadas pelas brilhantes Bullock e McCarthy – mas porque Feig nos faz acreditar nelas. Elas aprendem a ultrapassar as diferenças para conseguirem trabalhar juntas – que é o ingrediente principal desta fórmula cinematográfica – e o filme mostra-nos o verdadeiro desafio que foi chegarem a essa colaboração.

Mas Feig deu também vários tiros ao lado, sem conseguir manter um ritmo seguro: várias sequências acabam por se arrastar por tempo demais, perdendo a piada muito antes de chegarem ao fim. McCarthy, por seu lado, parece estar a interpretar o mesmo tipo de personagem desde «Bridesmaids – A Melhor Despedida de Solteira» (2011), o filme anterior do mesmo realizador. E apesar de não ter um argumento demasiado simplista, o twist final de Armadas e Perigosas acaba por ser mais estranho que surpreendente. Basílio Martins

Título original: The Heat Realização: Paul Feig Elenco: Sandra Bullock, Melissa McCarthy, Demian Bichir, Marlon Wayans, Michael Rapaport Duração: 117 min EUA, 2013

[Texto originalmente publicado na revista Metropolis nº12, Setembro 2013]