Ark Survival Evolved

Ark Survival Evolved

Ark Survival Evolved é imponente a nível de escala e beleza, possui um dos conceitos mais interessantes a ser lançados numa consola de nova geração num hino ao darwinismo. O jogador é lançado seminu numa misteriosa ilha onde enceta uma longa e desafiante jornada de sobrevivência num ambiente povoado de dinossauros, animais pré-históricos e companhia limitada. O jogo foi concebido pelo Studio Wildcard, o estúdio de Seattle começou a desenvolver este conceito em 2014 e juntou forças com um estúdio egípcio, a Instinct Games, para o desenvolvimento do projecto. O jogo esteve em modo “early acess” na plataforma Steam desde Junho de 2015, no final de 2016 foi lançado no mesmo modo para as consolas Xbox One e Playstation 4. Esta destilação permitiu o lançamento de um objecto final que está bastante refinado.

Ao entrarmos no universo de Ark Survival Evolved percebemos que estamos na presença de algo mais do que um jogo de sobrevivência no modo de terceira pessoa. O cenário é gigantesco, com cerca 48km quadrados para serem palmilhados. O jogador tem acesso a um mapa que nos dá a indicação da nossa localização com a geografia em nosso redor a ser revelada à medida que exploramos o espaço. Para sobreviver às primeiras horas convém criar uma “base” perto da água, apanhar frutos silvestres e caçar pequenos animais. Também devemos partir alguns arbustos com as próprias mãos para iniciar a criação de ferramentas e vestimentas que nos permitam a passagem de caçadores para recolectores. Um intuitivo painel de jogo possibilita o cruzamento de matérias primas e utensílios manufaturados para gerar mil e um recursos sempre que saltamos de nível evolutivo, por exemplo, começamos com uma lareira (nível 2) e podemos terminar com um forno industrial (nível 89). O mesmo se aplica na evolução de estruturas, agricultura, ferramentas, criação de medicamentos, veículos e outros aspectos da evolução humana. Os animais que começam por ser uma ameaça e fonte de alimentação, mais tarde podem ser domesticados e procriados. Temos uma enorme panóplia de criaturas, são cerca de uma centena, com belos detalhes visuais que variam face às suas características – como agressividade, dieta, utilidade de transporte, recursos e dano.

A METROPOLIS testou a versão Xbox One, a versão para a consola da Microsoft é um sucesso de vendas, o comando é utilizado até à exaustão com a combinação de várias teclas a criar um modo rápido de acção no acesso à nossa bolsa de viagem onde se transporta ferramentas, armas, alimentos e matérias primas além dos movimentos básicos de locomoção e combate. Temos de admitir que os menus são labirínticos e falta um tutorial que podia tornar mais interessante a experiência de jogo logo na primeira hora. A curva de progressão é lenta e bastante longa mas torna-se fértil em momentos de plena satisfação e exploração.

Ark Survival Evolved é um objecto ambicioso que veio para ficar e tem uma enorme margem de evolução seja no modo campanha, multijogo e lançamentos DLC. Os amantes de estratégia e aventura não podem deixar escapar esta maravilha da natureza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Arigos recentes