A VIAGEM IMPROVÁVEL DE HAROLD FRY

A VIAGEM IMPROVÁVEL DE HAROLD FRY

«A Viagem Improvável de Harold Fry» é um road movie onde o lendário actor britânico Jim Broadbent transporta a narrativa e os melhores momentos desta obra consigo. O protagonista, Harold Fry (Jim Broadbent), está a tomar o pequeno-almoço com a sua esposa Maureen (Penelope Wilton, uma Dama da interpretação britânica) quando recebe a carta de uma antiga colega de trabalho de quem não tem notícias há cerca de 20 anos com a informação que ela está prestes a morrer. Harold escreve uma resposta e quando se dirige aos correios decide ir entregar a carta em mão à sua colega. E assim começa a longa jornada a pé de Harold num percurso de 800 km do Sul até ao nordeste de Inglaterra. Esta história é uma caixinha de surpresas e sabe bem viajar ao ritmo destes inesperados acontecimentos. A narrativa é fértil em pequenas histórias das interações ao longo da jornada. Estas interações forçam a reflexão de Harold sobre a sua própria existência. Os principais protagonistas (Harold e a Maureen) revelam-se nesta história num diálogo à distância carregado de silêncios e pausas. É um olhar por debaixo da superfície onde percebemos a repressão da mágoa e as verdadeiras razões da viagem num processo em busca da paz com o passado. É uma bela viagem perante a paisagem natural e emocional. Uma nota para a participação no filme de Earl Cave, filho do artista Nick Cave, num desempenho igualmente intenso. O filme foi realizado por Hettie Macdonald e o argumento é de Rachel Joyce que se baseou numa peça sua de teatro radiofónico interpretada por três actores. Este é apenas o segundo filme de Hettie Macdonald em cerca de 30 anos, mas a realizadora tem imensa experiência de televisão. No seu portfolio consta, por exemplo, a realização de seis dos 12 episódios da aclamada série «Normal People» (2020), com Paul Mescal e Daisy Edgar-Jones.

«A Viagem Improvável de Harold Fry» é um daqueles filmes invulgares pela natureza e originalidade do puro relato da história aliado ao drama e ao conflito interno de um personagem que parte ao desconhecido e cresce nesse processo ao relembrar-nos que nunca é tarde para mudar.

Título original: The Unlikely Pilgrimage of Harold Fry Realização: Hettie Macdonald Elenco: Jim Broadbent, Penelope Wilton, Earl Cave Duração: 108 min. Reino Unido, 2023

[Texto publicado originalmente na Revista Metropolis nº99, Outubro 2023]