logo

Entrar
Actualizado às 10:16 PM, Dec 11, 2019

Limitless

Marc Webb, realizador do reboot e da sequela de «O Fantástico Homem-Aranha», realizou o piloto de «Limitless», que mantém o estilo do filme homónimo de Neil Burger, de 2011. A série foi desenvolvida por Craig Sweeny (argumentista de «Elementar» e «Medium»), a ideia para este conceito é baseada no livro The Dark Fields (2001), de Alan Glynn.

A premissa de «Limitless» envolve o consumo de uma droga (NZT) que abre as potencialidades do cérebro humano, tornando-o num supercomputador com alta capacidade de raciocínio e confere ao corpo humano extraordinárias habilidades físicas. O problema é que o consumo prolongado de NZT tem efeitos secundários letais que só podem ser combatidos com um antidoto. Bradley Cooper, que interpretou o papel principal no filme, tem no piloto desta série um pequeno cameo como o homem que vai proteger e dar o antidoto ao protagonista da série, Brian Finch (Jake McDorman), um jovem falhado na vida mas com um verdadeiro potencial que desabrocha quando ingere a misteriosa NZT. O herói da série, Brian Finch, acaba por colaborar com o FBI na utilização das suas capacidades extraordinárias na resolução dos crimes e tem ao seu lado uma “babysitter”, a Agente Rebecca Harris (Jennifer Carpenter de «Dexter») que é quem controla os danos colaterais provocados por Brian no decurso das suas investigações pouco ortodoxas. Bradley Cooper também assina esta produção e recomendou pessoalmente Jake McDorman para o papel principal da série – ambos os actores tinham colaborado em «Sniper Americano» (2014).

Aquando da sua estreia, em 2011, o filme «Sem Limites» foi uma surpresa nos Estados Unidos pela sua originalidade e o modo frenético como se descrevia a narrativa graças à interação visual. Podemos afirmar que visualmente esta versão de «Limitless» está vários passos à frente da longa-metragem na utilização de inúmeras técnicas visuais da animação ao CGI, passando pelo split screen. Cada episódio é uma festa para os nossos olhos.

Os episódios têm uma energia invulgar, fruto do trabalho visual, bons diálogos e a interpretação em “modo velocidade furiosa” de Jake McDorman. «Limitless» é uma boa aposta da nova temporada, é para ver em Portugal no canal TV Séries.

Modificado emquarta, 03 fevereiro 2016 22:42

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.