logo

Entrar
Actualizado às 3:58 PM, Jan 19, 2020

«El Camino: Um Filme Breaking Bad» - crítica

«El Camino» é o que, de um de vários pontos de partida, se pode chamar de “fan service”. Mas é “fan service” executado ao mais alto nível de qualidade, concebido não só para satisfazer aquele desejo infantil de qualquer fã de dar uma última volta no carrossel, mas também para fazer parte desse carrossel dando continuidade e finalidade a uma linha narrativa deixada em aberto no final da série. E isto, reiterando o que acima já foi dito, sem nunca perder de vista os altos padrões de qualidade impostos pela série televisiva. «El Camino», seja encarado como filme ou como episódio especial, tem o seu lugar neste universo criado Vince Gilligan. Pode distanciar-se da série em alguns (poucos) aspectos estéticos e narrativos, mas a essência permanece imaculada. Parte crime thriller, parte western, «El Camino», à semelhança de «Breaking Bad», é uma história sobre escolhas e consequências e como viver com elas. Conceito este que é também transversal ao spin-off, «Better Call Saul», apesar de este se assumir — e com toda a legitimidade — uma obra(-prima) com o seu próprio lugar actual panorama televisivo. Como nota final, e mais do que uma simples curiosidade, é de salientar a estreia de «El Camino» na Netflix e não no AMC, o seu canal de origem, revelando assim como «Breaking Bad», uma série politicamente incorrecta e “impossível” de produzir nos EUA, deu o salto do culto para a popularidade.

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.