logo

Entrar
Actualizado às 8:37 AM, Jun 18, 2019

Netflix - Escolhas Metropolis – Semana de 19 de Jan.

  • Escrito por Tatiana Henriques
  • Publicado em TV
  • 0 Comentários
Destaque Netflix - Escolhas Metropolis – Semana de 19 de Jan.

Histórias impactantes, um clássico intenso e um pouco de comédia à mistura. Estes são alguns dos ingredientes para as sugestões desta semana do que poderá encontrar na Netflix Portugal, que tem sempre novos conteúdos à espreita.


Novidades

O ATIRADOR
Com muita ação e suspense, esta série segue a jornada de Bob Lee Swagger (Ryan Phillippe), um antigo veterano que precisa de voltar à carga para evitar o assassinato do Presidente dos EUA. A história é baseada no romance “Point of Impact”, de Stephen Hunter, base para o filme de Antoine Fuqua, «O Atirador» (2007), protagonizado por Mark Wahlberg, um filme que, aliás, também está disponível na Netflix. Pode assistir todas as semanas a um novo episódio da primeira temporada da série, que já tem a segunda confirmada.

jaws

O TUBARÃO
Um clássico do cinema, «O Tubarão» inquietou o público e crítica quando estreou em 1975, catapultando o seu realizador, Steven Spielberg, a nível internacional. O filme inquietante é a adaptação do romance homónimo de Peter Benchley e foca-se num tubarão branco gigante que aterroriza a cidade fictícia de Amity Island.
A obra foi um enorme sucesso a vários níveis. Tornou-se no primeiro filme a render 100 milhões de dólares nos EUA e foi nomeado para 4 Óscares, vencendo em 3 categorias, fugindo-lhe apenas o galardão de Melhor Filme, que foi entregue a «Voando Sobre Um Ninho de Cucos», de Milos Forman. Houve ainda lugar para duas sequelas, já sem Spielberg no comando, que não conseguiram alcançar o mesmo prestígio da primeira toma. Não obstante, as três obras estão disponíveis na Netflix.

cla

HISTÓRIA DE UM CLÃ
Numa série baseada em factos reais, «História de um clã» passa-se na década de 1980 e conta a história dos Puccio, uma família que sequestrava pessoas ricas e as mantinha cativas dentro de casa, assassinando-as posteriormente. Esta produção argentina é composta por 11 episódios, tendo nos papéis principais os atores Alejandro Awada, Cecilia Roth e Chino Darín.
A mesma história deu origem ao filme «O Clã» (2015), de Pablo Trapero, uma obra que arrecadou a Menção Honrosa no Festival de Cinema de Toronto e o Leão de Prata de Melhor Realizador no Festival de Cinema de Veneza.

house

Maratona da Semana

DR. HOUSE

A atividade médica já foi alvo de retrato em várias séries e filmes. Em «Dr. House», contudo, o foco não é só a medicina mas também uma figura controversa e inegavelmente marcante, que se tornou numa das mais icónicas da televisão norte-americana nos últimos anos. Falamos de Gregory House, um médico antissocial, egocêntrico e conflituoso, além de ser um verdadeiro mestre ao deslindar complexos diagnósticos médicos.
A série de 8 temporadas criada por David Shore tornou o seu protagonista, Hugh Laurie, numa estrela, alavancando também a carreira de outros elementos do elenco, como Jennifer Morrison e Olivia Wilde. Um grande sucesso de audiências e de receção por parte da crítica, «Dr. House» venceu 5 Emmys e 2 Globos de Ouro, entre várias indicações nesses e noutros prémios.

Agora na Netflix

pg 42 prison poland 2

INSIDE WORLD´S TOUGHEST PRISONS
Nesta série documental, acompanhamos o jornalista de investigação Paul Connolly em algumas das prisões mais perigosas do mundo. Connolly tornou-se um recluso voluntário em cárceres nas Honduras, Filipinas, Polónia e México, experienciando, em primeira mão, a intimidação e violência, num retrato raro sobre uma realidade pouco conhecida.

QUE MAL FIZ EU A DEUS
Uma comédia francesa divertida e que vai pondo o dedo na ferida, «Que Mal Fiz Eu a Deus?» (2014) mostra a história de uma família multirracial, em que os patriarcas quase enlouquecem quando esperavam que a sua última filha solteira casasse com alguém que não fosse de diferente religião ou origem. Todavia, o tiro sai-lhes pela culatra.
A obra é assinada por Philippe de Chauveron e conta com Christian Clavier, Chantal Lauby, Ary Abittan e Élodie Fontan no elenco.

liam neeson


Figura da Semana: Liam Neeson

O ator britânico Liam Neeson tem já uma carreira longa, tendo sido figura recorrente, na última década, de vários filmes de ação, como a trilogia Taken ou «Noite em Fuga» (2015). Mas também tem no seu currículo personagens dramáticos, como «Michael Collins» (1996) e «Relatório Kinsey» (2004). Será também neste registo que poderá revê-lo nas salas portuguesas, com a estreia do muito aguardado «Silêncio», de Martin Scorsese, no qual interpreta um dos protagonistas.

A LISTA DE SCHINDLER
Um dos melhores filmes sobre a II Guerra Mundial, Steven Spielberg constrói, com «A Lista de Schindler» (1993), uma obra-prima, (praticamente) toda a preto e branco, repleta de imagens icónicas. A narrativa foca-se na história real de Oskar Schindler, que salvou centenas de judeus durante o Holocausto. Liam Neeson interpreta o personagem principal e a sua performance valeu-lhe a nomeação para o Óscar de Melhor Ator. Ao todo, a obra arrecadou 7 galardões, incluindo na categoria de Melhor Filme, num total de 12 indicações.

BATMAN: O INÍCIO
«Batman: O Início» (2005) foi o arranque da trilogia sobre o Cavaleiro das Trevas assinado por Christopher Nolan, considerada como uma das melhores abordagens cinematográficas de uma história de banda-desenhada. Neste filme nomeado para o Óscar de Melhor Fotografia, Christian Bale interpreta Batman mas fica a cargo de Liam Neeson um dos personagens mais misteriosos de toda a obra, Ducard.

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.