logo

Entrar
Actualizado às 8:37 AM, Jun 18, 2019

Stranger Things 2 - teaser

Netflix apresenta novas imagens e vídeo de Stranger Things 2 que mostra Mike Wheeler a ser interrogado pela polícia sobre o desaparecimento de Eleven. Quando menos esperam esta aparece deixando muitas dúvidas no ar. Stranger Things 2 estreia globalmente na plataforma a 27 de outubro.

Sobre Stranger Things 2:
É 1984 e os cidadãos de Hawkins, Indiana ainda estão a recuperar dos horrores de Demogorgon e dos segredos de Hawkins Lab. Will Byers foi resgatado do Mundo Invertido, no entanto uma entidade ainda mais sinistra continua a ameaçar aqueles que sobreviveram.

Fonte: Netflix

 

  • Publicado em Videos

Stranger Things 2 - trailer

Foi apresentado no San Diego International Comic Con e na presença do elenco e da equipa, um novo trailer da segunda temporada de Stranger Things. Os nove episódios de Stranger Things 2 estreiam globalmente na Netflix a 27 de Outubro.

É 1984 e os cidadãos de Hawkins, Indiana ainda estão a recuperar dos horrores de Demogorgon e dos segredos de Hawkins Lab. Will Byers foi resgatado do Mundo Invertido, no entanto uma entidade ainda mais sinistra continua a ameaçar aqueles que sobreviveram.

O elenco de Stranger Things 2: Winona ryder é Joyce Byers, David Harbour é Chefe Jim Hopper, Finn Wolfhard é Mike Wheeler, Noah Schnapp é Will Byers, Millie Bobby Brown é Eleven, Caleb McLaughlin é Lucas Sinclair, Gaten Matarazzo é Dustin Henderson, Cara Buono é Karen Wheeler, Natalia Dyer é Nancy Wheeler, Charlie Heaton é Jonathan Byers, Joe Keery é Steve Harrington, Dacre Montgomery é Billy, Sadie Sink é Max, Sean Astin é Bob Newby e finalmente Paul Reiser é o Dr. Owens.

  • Publicado em Videos

Netflix - Escolhas Metropolis – Semana de 20 de Fev.

Os Óscares estão quase a ser entregues mas, antes disso, há muito para ver na Netflix Portugal, incluindo um dos nomeados desta edição. Entre séries emblemáticas e filmes com histórias poderosas, a Metropolis apresenta-lhe sugestões para todos os gostos.

Novidades
TREVOR NOAH: AFRAID OF THE DARK
O sul-africano Trevor Noah é um dos novos nomes da comédia que mais relevância tem conseguido ganhar no panorama norte-americano, tanto que substituiu Jon Stewart na apresentação do «Daily Show», em 2015. «Trevor Noah: Afraid of the Dark» é o seu novo especial stand-up, filmado no Beacon Theatre, em Nova Iorque. São muitos os temas que Noah debate, tais como os semáforos e os nova-iorquinos, as razões por que não se deve beber álcool na Escócia e o perigo de dar nomes aos países. Estão garantidos momentos cheios de humor, numa estreia mundial na Netfflix, a 21 de fevereiro.

EU, TU E ELA
Jack e a mulher, Emma, contratam uma acompanhante para apimentar a relação, mas tudo muda quando começam a surgir sentimentos românticos. Este é o cerne da série «Eu, Tu e Ela», criada por John Scott Sheperd, argumentista de «Sete Dias e uma Vida». A inspiração surgiu de um artigo escrito por John H. Richardson para a revista Playboy.
Apresentada como a primeira série de comédia poliamorosa, «Eu, Tu e Ela» é uma proposta irreverente e invulgar, que tem nos papéis principais Greg Poehler, Rachel Blanchard e Priscilla Faia. Está já confirmada a segunda temporada e pode ver os 10 episódios da primeira na Netflix Portugal.

LIFE ANIMATED
Além de «A 13ª Emenda», «Extremis» e «Os Capacetes Brancos», a Netflix Portugal tem outro título que também está nomeado para os Óscares. No caso, para a categoria de Melhor Documentário. «Life, Animated», realizado por Roger Ross Williams, é uma obra sensível que conta a história de Owen, um menino autista que recomeça a comunicar com a sua família através dos seus filmes favoritos da Disney. A base para o filme surge do livro “Life, Animated: A Story of Sidekicks, Heroes, and Autism”, lançado em 2014 e escrito por Ron Suskind, no qual conta a história do seu filho.

friends cast friends

Maratona da Semana
FRIENDS
É, indiscutivelmente, uma das séries mais famosas de sempre e que junta, até hoje, uma legião de fãs. Foram muitas as aventuras de Rachel (Jennifer Aniston), Ross (David Schwimmer), Monica (Courteney Cox), Joey (Matt LeBlanc), Phoebe (Lisa Kudrow) e Chandler (Matthew Perry) em Manhattan, Nova Iorque, em momentos que versaram sobre amor, trabalho e a própria vida – tudo com uma boa dose de humor à mistura.
Um enorme sucesso de audiências, a série tornou os protagonistas em verdadeiras estrelas, entre os quais se destaca Jennifer Aniston, que tem feito uma carreira segura no Cinema. O êxito foi tanto que os atores conseguiram negociar o incrível valor de 1 milhão de dólares por episódio (algo que os três protagonistas de «A Teoria do Big Bang» também fizeram há poucos anos). Criada por David Crane e Marta Kauffman, a série teve 10 temporadas e estão todas disponíveis na Netflix Portugal.

stranger

Agora na Netflix
STRANGER THINGS
Foi a série-sensação de 2016 e rapidamente conquistou crítica e público, com um toque revivalista num ambiente de suspense e ficção científica. Passada na década de 1980, a história arranca com o desaparecimento de um rapaz, inquietando uma pequena vila, que descobre um mistério relacionado com experiências secretas, forças sobrenaturais e uma rapariga estranha e poderosa.
A série é criada pelos irmãos gémeos Matt Duffer e Ross Duffer, tendo catapultado para a fama o jovem elenco, sobretudo Millie Bobby Brown, e chamando de novo a atenção para um talento que andava algo escondido, Winona Ryder, nomeada para 2 Óscares – a sua interpretação em «Stranger Things» já lhe valeu a indicação para o Globo de Ouro de Melhor Atriz numa Série Dramática. A segunda temporada tem estreia marcada para 31 de outubro, mas poderá ver (ou rever) os 8 episódios da primeira temporada na Netflix Portugal.

American History X 1998 Edward Norton

AMÉRICA PROIBIDA
Um impactante filme sobre redenção que explora temas como o ódio racial, «América Proibida» (1998) foca-se na história de Derek Vinyard (Edward Norton), um neonazi que acaba de sair da prisão depois de cumprir sentença por assassinato, tendo como principal objetivo evitar que o seu irmão mais novo lhe siga os passos.
Realizado por Tony Kaye e escrito por David McKenna, o filme foi muito elogiado pela crítica, que se rendeu ao talento de Edward Norton. O intérprete recebeu a nomeação para o Óscar de Melhor Ator Principal pela sua interpretação, sendo que, ao longo da carreira, já foi indicado por 3 vezes a um galardão da Academia norte-americana.

denzel 2

Figura da Semana: Denzel Washington
É um dos atores norte-americanos mais relevantes, cuja carreira é marcada por personagens intensos e inesquecíveis. Volta esta semana às salas portuguesas com «Vedações», que realiza e protagoniza, uma interpretação que lhe garantiu a 7.ª nomeação a um Óscar – já venceu 2 –, estando também indicado enquanto produtor na categoria de Melhor Filme.

DIA DE TREINO
Dirigido por Antoine Fuqua e escrito por David Ayer (realizador de «Fúria», 2012, e «Esquadrão Suicida», 2016), «Dia de Treino» (2001) é um drama que se centra no trabalho de polícias sob disfarce através de uma dupla muito particular: Alonzo (Denzel Washington), um oficial dos narcóticos que, por vezes, ultrapassa a linha entre polícia e criminoso, e Jake (Ethan Hawke), um jovem idealista. A história de «Dia de Treino» serviu recentemente de base para uma nova série, protagonizada por Justin Cornwell e Bill Paxton, e que também disponível na Netflix Portugal.
A parceria entre os dois atores funcionou às mil maravilhas e as suas interpretações foram muito elogiadas, tendo ambos sido nomeados para Óscares. Todavia, apenas Washington levou o prémio para casa, o segundo na sua carreira após ter vencido na categoria de Melhor Ator Secundário, por «Tempo de Glória» (1989).

DECISÃO DE RISCO
Um piloto consegue salvar quase todos os passageiros de um acidente aéreo, mas uma investigação desvenda alguns segredos da vida do veterano piloto que poderão abalar a sua longa e reputada carreira.
Robert Zemeckis realiza uma história imersiva que vive pelo trabalho muito dedicado e inspirado do protagonista, Denzel Washington, uma interpretação que lhe valeu mais uma nomeação para um Óscar. «Decisão de Risco» (2012) foi também um sucesso no box-office, arrecadando 161 milhões de dólares em todo o mundo, além de John Gatins ter sido nomeado para o Óscar de Melhor Argumento Original.

  • Publicado em TV

Stranger Things 2 - primeiras imagens

A Netflix apresenta as primeiras imagens oficiais da nova temporada da série original Stranger Things. A segunda temporada desta série chegará à Netflix ainda este ano próximo à noite de Halloween.

B034

E005

E011

  • Publicado em TV

Stranger Things - melhores séries 2016 #2

Como é bom ver Winona Ryder na televisão e num papel à sua altura. A atriz, que fez carreira no cinema desde cedo, é uma das atrizes em destaque num dos grandes sucessos da Netflix em 2016: «Stranger Things». Winona é Joyce Byers, uma mãe solteira que vê o seu filho desaparecer misteriosamente logo no piloto. Will (Noah Schnapp) regressava da casa de um amigo quando, após uma sucessão de planos de cortar a respiração, parece evaporar da realidade que conhecemos. Estão prontos para conhecer o “outro lado”?



Em sentido oposto, “Eleven” (Millie Bobby Brown), uma criança misteriosa que mal se consegue expressar, surge num bar e provoca a morte do dono que a ajuda, com a entrada em jogo de uma agência governamental. Cada vez mais convencidos de que há uma conspiração à espreita, vemos “Eleven” enturmar-se com os amigos de Will que, desconfiados, também se deixam envolver no mistério. Num sem fim de linhas que se cruzam e nos intrigam, «Stranger Things» vai construindo, pacientemente, uma dualidade física e narrativa que, aos poucos, se torna mais clara e, paradoxalmente, mais complexa. Parece, até, que a nostalgia das séries dos anos 80, das roupas à banda sonora, passando por um estilo quase nostálgico, encontrou a magia de «O Labirinto de Fauno» (2006). Que o diga Ivana Baquero, a protagonista da obra de Guillermo del Toro, que confessou, em plena Comic Con Portugal, ter pesquisado na Internet se a série se inspirava no filme de forma propositada.

2 Stranger Things 3

A primeira temporada de «Stranger Things», que já tem garantido o regresso, foi disponibilizada de uma assentada e convida a uma maratona praticamente sem pausas. Somos conquistados pela trama tal como Jim Hopper (David Harbour), o xerife cético que acaba por acreditar que há uma conspiração por detrás da aparente morte de Will. Num género próximo do terror, ainda que de forma mais suave, a série respira suspense e alimenta o medo de quem, rodeado do que não compreende, apenas pode esperar (e temer) o pior. Há “monstros”, agências misteriosas e segredos vindos do submundo: os elementos combinam-se de forma contagiante e, a uma velocidade cada vez mais intoxicante, vão desfazendo as camadas que cercam a pacata localidade (ficcional) de Hawkins.

Por sua vez, os acontecimentos sucedem-se e, inevitavelmente, não se pode ignorar que está a acontecer algo de natureza sobrenatural. A resposta pode estar em “Eleven”, mas a rapariga parece incapaz de se expressar e, enquanto os flashbacks dão pistas ao espectador, esse conhecimento passa ao lado de quem convive com ela. Embora Dustin (Gaten Matarazzo) e Lucas (Caleb McLaughlin) desconfiem da nova amiga, que desperta um interesse amoroso em Mike (Finn Wolfhard), os pontos, aparentemente não relacionados, vão tardando a revelar o puzzle que se esconde no “upside down”, o lado da moeda onde ninguém quer ir parar.

2 Stranger Things 1

Se Winona Ryder e David Harbour são atores competentes e pouco ou nada têm a provar, a verdade é que a grande revelação de «Stranger Things» é Millie Bobby Brown, de apenas 12 anos. E, se nos Globos de Ouro foi ofuscada pela colega de elenco, o mesmo não aconteceu nos Screen Actors Guild Awards, onde concorre com Winona pela estatueta de melhor atriz numa série dramática. O restante elenco jovem é muito competente, dos mais pequenos aos adolescentes, nomeadamente Nancy (Natalia Dyer) e Jonathan Byers (Charlie Heaton), que encabeçam um arco paralelo bastante interessante. Já o estilo de realização, em que se evidenciam os criadores Matt e Ross Duffer, contribuiu para enriquecer a narrativa, potenciando a história à boleia de uma banda sonora extasiante, que ajuda a criar o ambiente de terror que se vive em Hawkins.

A reta final de «Stranger Things» é também um golpe de mestria, na linha do que foi toda a temporada. Tal como se esperava, as respostas foram fonte de mais perguntas e, depois de uma sucessão de mudanças profundas, paira a desconfiança e as teorias sobre o que se avizinha. No centro, uma vez mais e quase irremediavelmente, “Eleven” e Will, os mesmos que despoletaram – em grande parte – a ação até aqui. Poderemos contar com o regresso de ambos à naturalidade? Ou, pelo menos, à vida normal possível? Será que, ao contrário do que o público anseia, há personagens que se despediram definitivamente? A julgar pelas pistas finais deixadas pelos criadores, o público pode ter esperança, mas, ainda assim, há muitas alterações e revelações à espreita. Aconteceram “coisas estranhas” e chegou a hora de perceber até que ponto estas influenciaram os envolvidos.

A afirmação de «Stranger Things» como uma das séries do ano, e a melhor da Netflix, surge como consequência natural de todos os fatores já enunciados, tornando ainda evidente que o serviço de streaming não vive apenas da Marvel e de apostas independentes. Como já escrevemos, o paradigma mudou e a televisão vive hoje muito para além do formato que lhe conhecíamos: há alguns anos seria impensável ter uma série deste género lançada na totalidade de uma só vez e, mesmo assim, ser capaz de gerar o hype e a atenção que teve. Vivem-se tempos novos, é um facto, e a audiência já se habituou a eles.

  • Publicado em TV

Netflix confirma «Stranger Things 2»

Depois do sucesso alcançado com a sua produção original, protagonizada por Winona Ryder, a Netflix anunciou que Stranger Things irá regressar com mais nove episódios em 2017. Os irmãos Duffer, Matt e Ross, responsáveis por este mítico thriller, que decorre nos anos 80, vão dar continuidade à realização de Stranger Things 2. 

A nova temporada será produzida pela 21 Laps, tendo como produtores executivos Shawn Levy e Dan Cohen.

Uma noite inocente a jogar Dungeons & Dragons tem um trágico desfecho para um grupo de amigos na cidade de Hawkins, em Indiana, quando o jovem Will Byers desaparece... como se tivesse evaporado no ar.

Estamos no ano de 1983 e na pequena cidade crescem as teorias de conspiração para justificar as circunstâncias do desaparecimento do rapaz. Amigos, familiares e polícia local partem em busca de respostas sobre o desaparecimento e são arrastados para um mistério extraordinário, que envolve experiências secretas do Governo, forças sobrenaturais assustadoras e a descoberta de uma menina muito estranha. Devido à sua aparência e aos seus poderes sobre-humanos, os rapazes começam a perceber que ela poderá ter uma sinistra ligação com o desaparecimento do amigo.

A série tem um jovem elenco, composto por Finn Wolfhard, Gaten Mattarazzo, Caleb McLaughlin e Millie Brown como “Eleven”. Stranger Things é uma declaração de amor aos filmes clássicos da década de 80.

Stranger Things é protagonizado por Winona Ryder (Joyce Beyers), e o restante elenco é composto por Matthew Modine (Dr. Brenner), David Harbour (Chief Hopper), Charlie Heaton (Jonathan Beyers), Natalia Dyer (Nancy Wheeler), Millie Brown (Eleven), Finn Wolfhard (Mike Wheeler), Caleb McLaughlin (Lucas Sinclair), Gaten Matarazzo (Dustin Henderson) e Cara Buono (Karen Wheeler).

Stranger Things - Critica Metropolis

  • Publicado em TV

Stranger Things

A fórmula de «Stranger Things» é simples:

Stranger Things = Steven x John2
                                 Stephen

Em que:
- Steven (Spielberg) corresponde ao contexto geográfico e social,
- John2 (John Carpenter e John Hughes) corresponde aos ambientes de terror e comédia romântica,
- Stephen (King) corresponde à história e respectiva narrativa.

Brincadeiras à parte, é certo que se pode reduzir «Stranger Things», a mais recente série do canal Netflix, a uma fórmula. Mas, convenhamos, as fórmulas existem porque funcionam.

«Stranger Things» rouba aos grandes contadores de histórias da década de 80, recorre a convenções do género e alicia-nos pela nostalgia que provoca. Mas é irresistível seja qual for a perspectiva que se escolha. É a melhor série do verão e forte candidata também a melhor do ano.

Decorre o ano de 1983. Na pequena cidade de Hawkins, no Indiana, um grupo de crianças com cerca de 12 anos procura o seu amigo Will, desaparecido certa noite no seu regresso a casa. Com eles encontra-se a misteriosa Eleven, uma rapariga que surge do nada e a quem um dos rapazes dá abrigo na sua cave, às escondidas dos adultos. Eles recebem dela a ajuda que precisam para encontrar Will e ela recebe deles os princípios da amizade e da lealdade. De referir que todos os rapazes têm bicicletas e walkie-talkies e que Eleven tem estranhos poderes telecinéticos e telepáticos.

Os rapazes, no entanto, não são os únicos a procurar Will. Há ainda duas duplas que, por caminhos distintos se aproximam do mesmo destino dos rapazes:
- há a dupla que reúne a mãe, que comunica com o filho desaparecido através de luzes de natal que piscam, e o Xerife, que nas suas investigações descobre que algo de muito errado se passa na sua cidade à conta de uma qualquer instalação governamental que existe na floresta.
- e há a dupla que reúne o irmão de Will e a irmã de um dos rapazes, dois adolescentes desajustados que procuram o monstro e talvez acabem por encontrar algo mais.

«Stranger Things» é uma série com raízes muito antigas, passada nos anos 80, imbuída do espírito com que as séries eram feitas nesse tempo e que destila o melhor que os grandes mestres fizeram no passado. Mas, e porque nunca é demais sublinhar, é igualmente uma das melhores séries de 2016.

  • Publicado em TV

Stranger Things - Video especial e novas Imagens

Algo muito sinistro está a acontecer em Hawkins

Quando Will Byers desaparece de sua casa, os seus amigos iniciam uma busca épica para o encontrar. Em busca de respostas, os rapazes encontram uma estranha rapariga em fuga. Com um intimidador “11” tatuado no pulso e o cabelo rapado, os rapazes tornam-se amigos dela e começam a descobrir detalhes perturbadores sobre a vida enigmática da menina. A sua descoberta pode ser a chave para resolver os mistérios que se escondem sob a pacata cidade.

ST103 009r

Sobre Stranger Things:

Passado em Hawkins, estado de Indiana, na década de 1980, Stranger Things relata as buscas para encontrar um jovem rapaz que desaparece repentinamente em circunstâncias misteriosas. A mãe (Winona Ryde) inicia uma investigação com as autoridades locais para desvendar o desaparecimento do menino, as quais revelam uma série de mistérios envolvendo experiências ultra-secretas do governo, forças sobrenaturais aterradoras e uma menina muito estranha. A série é uma homenagem aos clássicos do suspense que marcaram os anos 80. Stranger Things é também uma história sobre o amadurecimento de três rapazes, no seio de uma comunidade pitoresca onde os mistérios se escondem.

ST103 017r

Stranger Things tem no elenco Winona Ryder (Joyce Byers), Matthew Modine (Dr. Brenner), David Harbour (Chefe Hopper), Charlie Heaton (Jonathan Byers), Natalia Dyer (Nancy Wheeler), Millie Brown (Eleven), Finn Wolfhard (Mike Wheeler), Caleb McLaughlin (Lucas Sinclair), Gaten Matarazzo (Dustin Henderson) e Cara Buono (Karen Wheeler).

Fonte: Netflix

  • Publicado em TV
Assinar este feed RSS