logo

Entrar
Actualizado às 12:33 AM, Nov 18, 2019

Forbidden Planet - BSO

Realizado por Fred M. Wilcox, «O Planeta Proibido» representou a primeira aposta de orçamento mais folgado que o cinema de ficção científica conheceu. Se muitas vezes é a memória icónica do célebre Robbie, The Robot que nos lembra do seu lugar influente na história da cultura popular, há que não esquecer que também na música este filme jogou então cartas bem importantes. Criado numa altura de intenso desenvolvimento de novas formas musicais usando electrónicas (porém ainda longe das visões de Wendy Carlos para «A Laranja Mecânica» de Kubrick), o filme constrói toda a sua banda sonora com o recurso a essas novas ferramentas, preterindo a busca de temas melódicos em favor de uma sucessão de efeitos sugestivos, construindo quadros que sublinham o caráter alienígena do mundo que visitamos no ecrã e as expressões de tecnologia avançada com que a narrativa se depara. Os sons de moduladores, blips e ruídos trabalhados por Louis e Bebe Barron constroem aqui uma paisagem que se distingue de usos anteriores de electrónica no cinema (como se escutara por exemplo no «A Casa Encantada» de Hitchcock). Mas abriram caminho a novas ideias, na verdade depois com consequência mais visível na música de compositores contemporâneos (como Stockhausen) do que em experiências subsequentes na sétima arte.

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.