logo

Entrar
Actualizado às 11:18 PM, Aug 21, 2019

Mad Max - O Jogo

Mad Max, distribuído pela Warner Bros Portugal e desenvolvido pelo estúdio Avalanche, é um jogo que nos coloca no papel de um guerreiro solitário num mundo pós-apocalíptico dominado pela fome, a guerra e a miséria. Após o sucesso do remake de George Miller, «Mad Max: Estrada da Fúria», de 2015, chega um sólido jogo de aventura e acção com paisagens de perder de vista nas Planícies do Silêncio. Em modo de mundo aberto e na terceira pessoa, o jogador tem de fazer pela vida para sobreviver a um mundo cão face a gangs para todos os gostos e armados até aos dentes. Em quatro rodas ou no solo, em modo “soco-neles”, o jogador vai construindo a narrativa do seu guerreiro com missões que formam um memorável arco narrativo.


Depois de perder a filha e a mulher, o nosso herói, Max, vagueia pela paisagem árida até quase perder a vida às mãos de Scabrous Scrotus, o senhor da guerra de Gas Town. O encontro iminente com a morte leva-o a recuperar a vontade de viver e a procurar vingar-se daqueles que corrompem a existência pós-apocalíptica. O seu plano é possibilitado graças a Chumbucket, um corcunda que acha que o nosso herói é uma divindade enviada pelo Anjo da Combustão (a religião nestas terras é inteiramente baseada na potência dos carros). Chumbucket vai construir para o nosso salvador o melhor carro das planícies áridas, o Magnum Opus. A narrativa proporciona cerca de quarenta horas de jogo onde construímos a nossa máquina de guerra com o auxílio de Chumbucket enquanto sobrevivemos e vergamos o mundo à nossa volta contra os senhores da guerra e os seus lacaios. Neste combate retiramos as várias formas do seu poderio, como as refinarias, e eliminamos os marcos de intimidação, como os totem com pessoas crucificadas que estão espalhados pelas estradas da planície criando um clima de terror e de dominação.

A senda de aventura está sujeita a condicionalismos como as armas, a água e os alimentos que permitem energia para sobreviver aos combates mortíferos na companhia do nosso fiel corcunda. O carro que começa por ser um chaço vai crescendo em armas, potência e velocidade a cada missão. As peças de sucata são recolhidas nos vários cenários e são a moeda corrente no mundo de “Mad Max”. O desenvolvimento do Magnum Opus corre igualmente de mãos dadas com a evolução do herói, com o cruzamento deste com Griffa, um nómada que é uma espécie de xamã, que incrementa as capacidades de Max à medida que completamos as missões e desafios.

Uma das grandes vantagens de Mad Max está no prazer e na descontração deste videojogo com paisagens cinematográficas onde não temos de combater contra o sistema ou tirar um mestrado em pancadaria. A extrema fluidez e linearidade faz-nos querer regressar a este universo. É uma excelente adaptação que acrescenta valor à mitologia criada por George Miller.

Modificado emquarta, 03 fevereiro 2016 22:41

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.