logo

Entrar
Actualizado às 11:37 PM, Nov 4, 2019

Festa do Cinema Francês - «Branca como Neve»

Claire (Lou de Laâge), uma jovem rapariga de enorme beleza, provoca irreprimíveis ciúmes à sua madrasta, Maud (Isabelle Huppert), ao ponto de a fazer premeditar o seu homicídio quando o jovem noivo de Maud se apaixona por Clair. Salva in extremis por um homem misterioso que a alberga na sua quinta, Claire decide ficar na aldeia, despertando a comoção nos seus habitantes. Primeiro um, depois dois, em breve sete “príncipes” irão render-se aos seus encantos. Para ela, isto significa o início de uma emancipação radical, tanto carnal como sentimental...

A realizadora francesa Anne Fontaine estará em Portugal na semana que vem, a promover o seu mais recente trabalho e para participar na 20ª Festa do Cinema Francês

Festa do Cinema Francês - «Amor à Segunda Vista»

Quando Raphael (François Civil) conheceu Olivia (Joséphine Japy) no secundário, foi amor à primeira vista. Após 10 anos de casamento feliz e uma carreira próspera como autor de best-sellers, Raphael tem tudo – ou pelo menos assim o pensa.

Após uma enorme discussão entre o casal, Raphael acorda numa vida paralela onde é solteiro, jogador de pingue-pongue e professor do ensino secundário, com uma vida pouco interessante e demasiada colada à do seu melhor amigo de infância.

Percebendo que Olivia era tudo para si, Raphael terá de fazer o impossível para reconquistar o amor de sua vida - que neste mundo não faz a mínima ideia de quem ele é.

O realizador Hugo Gélin e a atriz Joséphine Japy estarão em Portugal na semana que vem, a promover o seu mais recente trabalho e para participarem na 20ª Festa do Cinema Francês

Festa do Cinema Francês - O Imperador de Paris

Durante o reinado de Napoleão, François Vidocq (Vincent Cassel) é uma das figuras mais notórias do submundo parisiense: trata-se do único homem a ter escapado com sucesso da mais tenebrosa colónia penal de França. Abandonado à morte depois da sua última e espetacular fuga, o ex-presidiário tenta fazer-se passar por comerciante. Contudo, o seu passado apanha-o. Depois de ser falsamente acusado de homicídio, Vidocq é obrigado a fazer um acordo com o chefe da polícia: em troca da sua liberdade, compromete-se a ajudar as autoridades na luta contra o crime. Não obstante resultados excecionais, Vidocq provoca hostilidade entre os agentes policiais e enfurece os criminosos, que lhe põem a cabeça a prémio...

O realizador Jean-François Richet estará em Portugal na semana que vem, a promover o seu mais recente traba-lho e para participar na 20ª Festa do Cinema Francês.

Festa do Cinema Francês - abertura

A 4 DE OUTUBRO

NA CINEMATECA PORTUGUESA, ROSALIE VARDA, FILHA E PRODUTORA DE AGNÈS VARDA, ESTARÁ PRESENTE NA HOMENAGEM DEDICADA À SUA MÃE.

EM SETÚBAL, MATHIEU SAPIN ESTARÁ PRESENTE NA SESSÃO DE ABERTURA DA FESTA.

EM LISBOA, ESTARÃO CONNOSCO OS REALIZADORES ANNE FONTAINE E JEAN-FRANÇOIS RICHET.

Esta sexta-feira, dia 4 de Outubro, Rosalie Varda irá homenagear Agnès Varda, sua mãe apresentando o seu último filme, VARDA PAR AGNÈS, na Cinemateca Portuguesa.

A retrospectiva do cinema de Agnés Varda, irá mostra-nos algumas das obras primas desta grande figura do Cinema Francês.

CLÉO DE 5 À 7 - Duas horas da vida de uma mulher (1962), um soberbo preto-e-branco que capta as angústias da época, filme fundamental da Nouvelle Vague francesa;

L’UNE CHANTE, L’AUTRE PAS - Uma Canta, a outra não (1676), um filme sobre mulheres que querem conquistar o amor e a felicidade;

SANS TOI NI LOI - Sem eira nem beira (1985) que questiona a situação dos sem-abrigo numa Europa desenvolvida;

e LES PLAGES D’AGNÈS - As praias de Agnès (2008), um filme belíssimo que junta fotografias, excertos de filmes e pequenas entrevistas e que nos deixa com vontade de ir ver o mar.

Também no dia 4 de Outubro, em Setúbal, Mathieu Sapin estará presente para inaugurar a 20ª Festa do Cinema Francês com o seu último filme LE POULAIN. O filme conta a história de um jovem licenciado de 25 anos (Finnegan Oldfield), sem experiência política, que irá, graças a uma diretora de comunicação com bastante poder (Alexandra Lamy), ascender na carreira...

No dia 5 de outubro, Mathieu Sapin, que é maioritariamente conhecido como autor de banda desenhada, e conta já com uma longa carreira de obras destinadas aos mais jovens virá a Lisboa apresentar a exposição Le Poulain que estará exposta na FNAC Chiado. O seu talento de ilustrador destaca-se em grande medida pelo olhar incisivo sobre as temáticas que aborda.

Às 21h30, o realizador e o actor principal, Finnegan Oldfield estarão também presentes no São Jorge para apresentar o filme LE POULAIN em Lisboa.

No dia 4 de Outubro, depois da projeção do seu filme COMMENT J’AI TUÉ MON PÈRE na Cinemateca Portuguesa às 19h, Anne Fontaine irá participar numa masterclass com o público. De seguida, às 21h30 no Cinema São Jorge, apresentará o seu último filme BLANCHE COMME NEIGE – Branca como neve, que nos oferece uma reinterpretação burlesca do Conto da Branca de Neve.

Por fim, às 19h no dia 4 de Outubro no Cinema São Jorge, teremos a oportunidade de encontrar Jean-François Richet, o realizador de L’EMPEREUR DE PARIS – O imperador de Paris, que coloca o talentoso Vincent Cassel na pele de François Vidocq, uma lenda viva do submundo criminoso de Paris no agitado consulado de Napoleão.

Esta Festa do cinema Francês começa “à grande e à francesa”!

Oferta de convites 19ª Festa do Cinema Francês Porto - Teatro Rivoli

Esta 19ª edição da Festa do Cinema Francês, organizada pelo Institut français du Portugal e a Embaixada de França, em colaboração com as Alliances françaises e UniFrance Films, tem lugar de 4 de Outubro a 11 de Novembro, em onze cidades de Portugal. O padrinho desta edição é o talentoso Jean-Paul Rappeneau, um realizador único, que se destaca pelo trabalho minucioso que dedicou a cada um dos seus argumentos.

Este evento cultural emblemático é uma oportunidade para abordar todos os géneros cinematográficos numa ampla diversidade temática. Assim, os famosos realizadores Jean Becker, Xavier Giannoli e Stéphane Brizé são também convidados oferecendo-nos, respectivamente, uma reflexão sobre a primeira guerra mundial («Le Collier Rouge»), sobre a fé («L’Apparition») e sobre as derivas do capitalismo («En Guerre»). Quanto a Gilles Lellouche, o célebre actor e realizador estará entre nós para apresentar, em antestreia e antes mesmo da sua saída nas salas francesas, o seu filme «Le Grand Bain», aclamado no último Festival de Cannes. Para além destas figuras conhecidas, a Festa do Cinema Francês celebra a emergência dos novos rostos do cinema francês. 

site oficial

Passatempo

A Festa do Cinema Francês e a Metropolis [revista oficial da Festa] têm para oferecer convites duplos para as sessões «Dans La Terrible Jungle» e «L´Amour Debout» nos dias 24 e 25 de Outubro.* 

dans la

DANS LA TERRIBLE JUNGLE de OMBLINE LEY e CAROLINE CAPELLE
QUA 24/10 | 17h30 | Teatro Rivol - Porto
Projecção seguida da masterclass em francês, com a presença das realizadoras
Moderação e tradução: David Pinho Barros

l amour

L’AMOUR DEBOUT de MICHAËL DACHEUX
QUI 25/10 | 17h30 | Teatro Rivoli - Porto
Projecção seguida da masterclass em francês, com a presença das realizadoras
Moderação: David Pinho Barros

* convites válidos mediante os lugares disponíveis na sala; deve efectuar o levantamento no próprio dia, preferencialmente até 30 minutos antes da sessão, no balcão dos convidados

Por favor leia as regras dos passatempos

Para se habilitar a um dos convites válidos para duas pessoas que temos para oferecer, seja preferencialmente nosso fã no Facebook. Basta colocar um gosto na nossa página. Se já é nosso fã, o nosso muito obrigado! E responda a uma pergunta.

Made with BreezingForms for Joomla!® by Crosstec

REGRAS GERAIS DOS PASSATEMPOS

* SE NUNCA GANHOU CONVITES METROPOLIS PODE INDICÁ-LO NA ÁREA DOS COMENTÁRIOS.
* Os dados comunicados não serão revelados a terceiros.
* Todas as participações serão numeradas por ordem de chegada e um programa informático seleccionará as premiadas;
* Solicitamos a todos os participantes que consultem com regularidade as suas caixas de correio, incluindo o "Lixo";
* O envio de mails aos premiados até cerca de 24 horas antes da sessões é uma cortesia. A Metropolis publica listas de premiados pouco depois do apuramento.
* Os convites são válidos no limite dos lugares disponíveis e devem ser levantados atempadamente antes da hora marcada para a sessão. A METROPOLIS não se responsabiliza caso a sua entrada seja recusada por excesso de lotação.
* Os faltosos serão excluídos de futuras ante-estreias METROPOLIS. Por favor, participe apenas se desejar e puder estar presente.
* Evite participar em seu nome e no de mais de 20 amigos. A não ser que eles não tenham acesso a internet, não há justificação para que não sejam eles a fazê-lo. As hipóteses de ganhar aumentam com as participações verdadeiramente individuais.

19ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS

A Festa do Cinema Francês chega à 19ª edição

Organizada pelo Institut français du Portugal e Embaixada de França, com a colaboração da rede das Alliances françaises em Portugal, a 19ª edição vai decorrer de 4 de outubro a 12 de novembro 2018, em 11 cidades do país, reforçando a sua presença nestas cidades que vão fazendo parte da sua história. As cidades que a acolhem são: Almada, Aveiro, Beja, Coimbra, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Seixal, Setúbal e Viana do Castelo

A abertura oficial da 19ª Festa do Cinema Francês (FCF) é em Lisboa a 4 de outubro no Cinema São Jorge, cidade onde permanecerá até dia 14, como em Almada, partindo depois para as outras cidades.

A imagem deste ano é da autoria da Espanta Espíritos.

Toda a programação será anunciada em conferência de imprensa a 18 de setembro, em local e horário a anunciar, mas constará de:

ANTEESTREIAS - Esta Festa é o momento aguardado e privilegiado de encontro com a mais recente produção e co-produção cinematográfica francesa. Do drama à comédia, da animação ao policial, passando pelo documentário, com a presença de realizadores (as), actores e actrizes, os amantes e curiosos de cinema, têm por onde escolher. Alguns filmes sairão no circuito comercial em Portugal, mas a maior parte serão oportunidades únicas.

CICLO PADRINHO/MADRINHA

RETROSPECTIVA - Com a Cinemateca Portuguesa apresentamos anualmente uma retrospectiva da obra de uma figura notável da 7ª Arte francesa.

CICLO ACID e MASTERCLASSES – O sucesso de anos anteriores e a vontade de dar a conhecer ao público português filmes de realizadores que ele desconhece ou conhece mal, levam a FCF a trilhar de novo este caminho de colaboração com a ACID – Association du Cinéma Indépendant pour sa Diffusion, uma associação de realizadores que se uniram para difundir os seus filmes ou de outros cineastas. A ACID marca presença em Cannes com uma programação própria paralela e este ano dedicou-a á cinematografia portuguesa.

É com a ACID que também a Festa do Cinema Francês tem vindo a propor masterclasses que, embora tenham um público alvo de futuros cineastas, estão abertas ao público em geral e são ministradas por equipas artísticas dos filmes. Terão lugar em Lisboa e no Porto.

CINEMA DE ANIMAÇÃO – O cinema de animação é um dos pontos altos da cinematografia francesa e também tem lugar nesta mostra do que de melhor e mais recente se produz no hexágono.

19ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS
De 04 de outubro a 11 de novembro 2018
Almada, Aveiro, Beja, Coimbra, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Seixal, Setúbal e Viana do Castelo

«AGNUS DEI - AS INOCENTES» vence Prémio do público na Festa do Cinema Francês

A 17ª Festa do Cinema Francês despediu-se ontem do Cinema São Jorge, em Lisboa, e do Fórum Romeu Correia, em Almada, continuando até dia 18 de Outubro na Cinemateca Portuguesa. Inaugurou ontem em Leiria e parte para outras cidades do país.

Os espectadores desta edição, votaram mais uma vez, no Cinema São Jorge, para o Prémio do público que este ano tem o patrocínio da RTP. É por isso um Prémio RTP atribuído ao filme a concurso com melhor votação.

O filme preferido do público desta edição foi “AGNUS DEI - AS INOCENTES” / “ LES INNOCENTES” de Anne Fontaine, distribuído em Portugal pela Films4you.
Baseado num episódio histórico, bem real e mal conhecido, ocorrido num convento de freiras por onde passaram soldados russos durante a Segunda Guerra Mundial, o filme passa-se na Polónia no ano de 1945.

O diário de bordo da médica de campanha da Cruz Vermelha, interpretada no filme por Lou de Laâge, chegou às mãos de Anne Fontaine através de um sobrinho da mesma.

“O que me chamou a atenção foi a força incrível desta história e a intensidade das emoções que ela desperta, as questões sobre a violência, a fé, a maternidade, sobre as relações entre o mundo laico e o mundo religioso. Fiquei empolgada com as possibilidades de expressar o encontro entre uma mulher de ciência, uma médica à frente de seu tempo, e estas freiras grávidas.” (Anne Fontaine)

O filme vai estrear nas salas de cinema a 3 de Novembro e, com este prémio, depois da sua comercialização, tem passagem assegurada na televisão pública nacional, a RTP.

Em França e nos Estados Unidos é já um sucesso de bilheteira.

Assinar este feed RSS