logo

Entrar
Actualizado às 10:16 PM, Dec 11, 2019

Big Hero 6 - A série

«Big Hero 6 - Os Novos Heróis» vencedor do Oscar de Melhor Filme de Animação em 2015 e baseado nos comics da Marvel vai se transformar em série de televisão no canal Disney. O filme foi realizado por Don Hall e Chris Williams contava com as vozes de Ryan Potter (Hiro), Scott Adsit (Baymax), T.J. Miller, Damon Wayans Jr. e Genesis Rodriguez. As receitas mundiais do filme atingiram os 657 milhões de dólares.

A série "Big Hero 6" terá como criadores Mark McCorkle e Bob Schooley de «Kim Possible», a estreia está agendada para 2017.

A série segue as aventuras de Hiro e o seu robot Baymax juntamente com os restantes companheiros Wasabi, Honey Lemon, Fred e Go Go que formam a equipa de super-heróis. Hiro frequenta os desafios sociais e escolares do campus universitário enquanto juntamente com a sua equipa luta contra as ameaças dos vilões tecnologicamente avançados à cidade de Fransokyo.

Gary Marsh, o presidente e director executivo dos conteúdos criativos dos canais internacionais Disney afirmou "estamos entusiasmados por ter a oportunidade de desenvolver estes personagens numa série de animação de classe mundial - cheia de acção e com uma narrativa emocionante como o Mark e o Bob - e o Baymax - podem fazer."

Godless de Soderbergh na Netflix

A nova produção da Netflix vai juntar Steven Soderbergh a Scott Frank, o argumentista de «Romance Perigoso» (Out of Sight de 1998), um filme com George Clooney e Jennifer Lopez.

A série de Soderbergh «Godless» está descrita como um western desenrolado em 1884, ainda não há detalhes sobre o elenco ou data de estreia.

«Godless» será uma série limitada, algo raro na Netflix mas um exemplo da estratégia do operador na sua aposta nos conteúdos originais.

Soderbergh está neste momento a produzir um conjunto de três séries: «Red Oaks», «The Knick» e «The Girlfriend Experience».

Master of None da Netflix regressa para 2ª temporada

Não é com grande surpresa que «Master of None» do cómico Aziz Ansari vai regressar para uma segunda época na Netflix. O sucesso entre o público e vários críticos foi consentâneo e a grande dúvida na continuidade residia nas ideias de Aziz Ansari. A primeira temporada foi baseada nas experiências pessoais e profissionais do cómico de origem indiana como também os especiais de stand-up e seu livro com o título sugestivo “Modern Romance: An Investigation”.

A série tem a participação de Noel Wells, Lena Waithe, Kelvin Yu e Eric Wareheim. Master of None é produzida pela Universal Television e tem como criadores Aziz Ansari e Alan Yang.

A Netflix promete um investimento de cinco mil milhões de dólares em programação original em 2016.

Robert Redford produz série para a HBO

Robert Redford colocou em pré-produção a mini-serie «The Burgess Boys» na HBO, uma iniciativa que está englobada num acordo de dois anos com o gigante dos canais de cabo norte-americano.

«The Burgess Boys» é baseado no romance homónimo da vencedora do Pulitzer Elizabeth Strout que esteve igualmente envolvida no sucesso televisivo «Olive Kitteridge» com Frances McDormand e Richard Jenkins. Robert Redford adquiriu os direitos do livro no ano passado e Marcus Hinchey foi o escolhido para a adaptação do livro para a HBO.
O livro foi publicado em 2013 e segue a trajectória de dois irmãos que vivem assombrados por um acidente bizarro que vitimou o pai quando estes eram crianças. A história relata o regresso dos irmãos ao estado do Maine onde reaparecem tensões recalcadas que vão mudar as suas vidas para sempre.

A produção da mini-série ficará também a cargo de Robert Redford através da sua produtora, a Wildwood Enterprises.

Jake Gyllenhaal produz antologia sobre seitas religiosas

A produtora de Jake Gyllenhaal e Riva Marker a Nine Stories vai co-produzir com a A+E (produtora do canal norte-americano A&E) uma antologia dedicada a várias seitas norte-americanas. A primeira série será dedicada a Jim Jones, o líder da seita Peoples Temple of the Disciples of Christ (Templo dos Povos), acompanha em 1978 os eventos na comuna de Jonestown que levaram ao massacre de 900 pessoas num suicídio em massa organizado por Jones.

Jake Gyllenhaal afirmou que “Jim Jones é um personagem complexo – e que conseguiu penetrar na consciência colectiva” também explicou as motivações por detrás da série que ainda não tem título dizendo que “deseja focar o magnetismo inquestionável destes fanáticos religiosos e os perigos do seu carisma.” O actor ainda focou a importância nos tópicos que a série aborda especialmente o fundamentalismo noutras áreas de intervenção no mundo actual referindo “uma noção que não é apenas pertinente nos líderes de cultos religiosos mas também problemático no presente clima geopolítico.”

O canal A&E tem em «Bates Motel» com Vera Farmiga e Freddie Highmore o seu maior sucesso, brevemente estreia «Damien» outra produção de terror inspirada num clássico do género «The Omen». A quarta temporada de «Bates Motel» e a estreia de «Damien» ocorrem a 7 de Março nos Estados Unidos.

Girls – o final anunciado

«Girls» a série produzida por Lena Dunham e Judd Apatow termina em 2017 com a sexta e a última temporada. A série inicia a quinta temporada a 21 de Fevereiro.
A actriz e criadora Lena Dunham agradeceu à HBO “o apoio e a liberdade” da produção que representou para os criadores “algo raro e belo”. Ainda deixou uma importante nota de agradecimento ao “empenho e originalidade extraordinária dos actores” e à “família que é a equipa de produção”. Lembrou que “criou a série quando tinha 23 anos e agora com cerca de 30 – a série encaixou perfeitamente o seu período de vida na idade dos vinte, onde se centra a história – e chegou o momento perfeito de fechar a narrativa.”. A criadora promete “uma sexta temporada que vai prestar tributo a um elenco, produção e fãs fantásticos”.

Recordamos que a série conta com um elenco fabuloso de jovens actores que inclui Lena Dunham, Jenni Konner, Alisson Williams e Adam Driver. Em 2012 a revista METROPOLIS foi o primeiro meio comunicação em Portugal a destacar esta série, além de antecipar o sucesso de «Girls» colocava as suas fichas no promissor Adam Driver.

A Guerra dos Tronos - série ultrapassa a saga literária

George R.R. Martin anunciou no passado fim-de-semana que The Winds of Winter, o sexto livro da saga literária A Song of Ice and Fire em que o mega sucesso televisivo de «A Guerra dos Tronos» é baseada não sairá antes do início da sexta temporada da série. Há quem afirme que vai parar de ver a série por ser um fã leal dos livros para não visionar os twists que vão acontecer no livro de Martin. O autor já referiu que há diferenças entre a série da HBO e os seus livros por haver trechos da saga literária que nunca chegaram aos ecrãs. Em última análise é a prosa de George R.R. Martin que deu origem à criação da série e que confere a magia a este fantástico universo por detrás da produção televisiva, o autor sugere “Desfrutem a série. E desfrutem os livros”.

Quanto a datas de lançamento do livro Martin afirma que não vale a pena estabelecer prazos de entrega pois sente-se ainda mais pressionado. O autor nunca esperou que alguma vez a série pudesse ultrapassar os livros. O próximo livro tem cerca de doze capítulos escritos, ao contrário da especulação dos internautas que afirmavam que não havia nada redigido, o escritor reiterou que ainda há muito por fazer e o livro sai quando tiver de sair pedindo desculpas aos editores e especialmente aos leitores da saga.

Gypsy nova produção da Netflix

O serviço de streaming Netflix anunciou que adquiriu os direitos de «Gypsy», uma série de Lisa Rubin (argumentista e produtora executiva), Tim Bevan e Eric Fellner. A série segue a vida de Jean Holloway, uma terapeuta que tem relações perigosas e íntimas com as pessoas nas vidas dos seus pacientes. A série será produzida pela britânica Working Title («About a Boy», «London Spy», «You, Me and the Apocalypse») e a Universal Television, produtora que está por detrás das imperdíveis comédias Netflix «Unbreakable Kimmy Schmidt» e «Master of None». A Netflix tem como objectivo estrear uma produção original da casa a cada semana do ano.

«Gypsy» terá 10 episódios e estreia em 2017.

Assinar este feed RSS