logo

Entrar
Actualizado às 2:55 PM, Oct 22, 2019

«Prazer, Camaradas!» de José Filipe Costa no Festival de Locarno

Destaque «Prazer, Camaradas!» de José Filipe Costa no Festival de Locarno

A mais recente longa-metragem do realizador José Filipe Costa Prazer, Camaradas! vai ter a sua estreia mundial na no Festival de Locarno, que se realiza entre 7 e 17 de Agosto.

Produzido pela Uma Pedra no Sapato, Prazer, Camaradas! desenrola-se depois do 25 de Abril de 1974, numa época em que muitos estrangeiros vinham para Portugal ajudar no trabalho agrícola, dar consultas médicas e aulas de planeamento familiar. O realizador serviu-se de um jogo teatral com recurso à dramatização, para fazer um retrato das mentalidades que vigoravam nos meios mais rurais, onde começaram a emergir cooperativas depois da revolução.

"O filme nasceu de um conjunto de relatos orais, textos literários e diários sobre a experiência de estrangeiros e portugueses revolucionários que vieram para o centro de Portugal apoiar as cooperativas nos trabalhos agrícolas, nas clínicas, creches e na alfabetização. (...) Propus aos atores um faz de conta: que dissessem ter dezoito, vinte ou trinta e tal anos. E que dramatizassem em vez de reconstituírem os relatos do passado.", afirma o realizador.

José Filipe Costa, assinou, entre outras, obras como Linha Vermelha (2011), um filme que revisitava o documentário Torre Bela do alemão Thomas Harlan sobre a ocupação de uma propriedade privada por uma cooperativa no Ribatejo, depois do 25 de abril.

Fonte: Uma Pedra no Sapato

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.