logo

Entrar
Actualizado às 9:47 PM, Feb 18, 2019

Berlinale completa o júri e anuncia prémio honorário para Agnès Varda

Destaque Berlinale completa o júri e anuncia prémio honorário para Agnès Varda

Uma projeção do drama “The kindness of strangers”, da dinamarquesa Lone Scherfig, vai abrir o 69º Festival de Berlim, no dia 7 de fevereiro, inaugurando os trabalhos de um júri presidido pela atriz Juliette Binoche que anunciou hoje seus demais integrantes: o crítico americano Justin Chang, a atriz alemã Sandra Hüller , o cineasta chileno Sebastián Lelio, o curador do Museu de Arte Moderna de Nova York Rajendra Roy, e a atriz e produtora inglesa Trudie Styler. O júri Glashütte de Documentários vai contar com a presença da cineasta brasileira Maria Augusta Ramos (de “O Processo”), trabalhando ao lado da italiana Maria Bonsanti, que dirige o programa Eurodoc, e do cineasta americano Gregory Nava. Já o júri de Melhor Filme de Estreia congrega a escritora e jornalista alemã Katja Eichinger, a cineasta chinesa Vivian Qu e o diretor franco-senegalês Alain Gomis. A Berlinale anunciou ainda a entrega de um prémio honorário (a Berlinale Camera) para a nonagenária cineasta belga Agnès Varda, a pioneira da Nouvelle Vague, que exibirá uma nova longa-metragem no festival: o documentário “Varda by Agnès”, que se baseia em andanças recentes da cineasta pelo mundo.

Modificado emterça, 29 janeiro 2019 21:06

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.