logo

Entrar
Actualizado às 9:31 PM, Jun 19, 2018

OSCARS: "A Forma da Água" x 4

Destaque OSCARS: "A Forma da Água" x 4

Quase quatro meses depois da abertura da temporada de prémios, com os Governor Awards, a Academia de Hollywood atribuíu os seus Oscars pela 90ª vez. Com o ambiente necessariamente marcado pelos temas transversais que têm abalado Hollywood — em particular a defesa da identidade feminina e a figuração dos afro-americanos —, a cerimónia conteve muitos discursos empenhados em celebrar os valores da diversidade e da integração. A apresentação de Jimmy Kimmel teve o mérito de sustentar tal dinâmica num registo entre a seriedade e a ironia que, em última instância, preservou o essencial: tratava-se, não de um comício, mas de uma festa para celebrar o cinema e a cinefilia.
A Forma da Água foi o principal vencedor da noite, com quatro estatuetas douradas, incluindo melhor filme e melhor realizador. Todas as previsões para os prémios principais foram confirmadas, de alguma maneira agravando um problema comercial e mediático: o afunilamento dos candidatos (quase todos estreados no último trimestre) transforma os Oscars numa "repetição" dos muitos prémios já atribuídos por organizações profissionais e associações de críticos.
Eis os seis filmes que obtiveram duas ou mais estatuetas douradas:

* A FORMA DA ÁGUA [4]
— filme
— realizador, Guillermo del Toro
— música, Alexandre Desplat
— cenografia, Paul Denham Austerberry, Shane Vieau e Jeff Melvin

* DUNKIRK [3]
— montagem de som, Richard King e Alex Gibson
— mistura de som, Mark Weingarten, Gregg Landaker e Gary A. Rizzo
— montagem, Lee Smith

* BLADE RUNNER 2049 [2]
— fotografia, Roger Deakins
— efeitos visuais, John Nelson, Gerd Nefzer, Paul Lambert e Richard R. Hoover

* COCO [2]
— filme de animação
— canção, "Remember Me", Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez

* A HORA MAIS NEGRA [2]
— actor, Gary Oldman
— caracterização, Kazuhiro Tsuji, David Malinowski e Lucy Sibbick

* TRÊS CARTAZES À BEIRA DA ESTRADA [2]
— actriz, Frances McDormand
— actor secundário, Sam Rockwell

Com um só Oscar, destacaram-se:

* EU, TONYA
— actriz secundária, Allison Janney

* FOGE
— argumento original, Jordan Peele

* CHAMA-ME PELO TEU NOME
— argumento adaptado, James Ivory

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.