logo

Entrar
Actualizado às 12:39 AM, Dec 17, 2017

Hugh M. Hefner (1926 - 2017)

Destaque Hugh M. Hefner (1926 - 2017)

Criador da revista Playboy, o americano Hugh M. Hefner faleceu no dia 27 de Setembro na sua casa de Holmby Hills, Los Angeles — contava 91 anos.

Desde a publicação do primeiro número da Playboy — em Dezembro de 1953, com Marilyn Monroe na capa — até às suas recentes tomadas de posição em favor do casamento de pessoas do mesmo sexo, a história pessoal e profissional de Hefner cruza-se permanentemente com a história da cultura do sexo nos EUA. A consolidação da revista passou, obviamente, pela nudez das sua playmates, algumas famosas — Bettie Page (1955), Jayne Mansfield (1955), Stella Stevens (1960), Dorothy Stratten (1979), Shannon Tweed (1981), Pamela Anderson (1990), Jenny McCarthy (1993), etc. —, em paralelo com uma significativa abertura a discursos de vanguarda, do jazz à literatura, nomeadamente no período da chamada "contra-cultura" dos anos 60. Ficaram célebres, em particular, as entrevistas a personalidades como Miles Davis (1962), Ayn Rand (1964), Vladimir Nabokov (1964), Martin Luther King, Jr. (1965), Stanley Kubrick (1968), John Lennon e Yoko Ono (1981), Bette Davis (1982) ou Steve Jobs (1985). Entre os colaboradores que publicaram ficção ou ensaios nas páginas da Playboy podemos encontrar, por exemplo, Saul Bellow, John Updike, Joyce Carol Oates, Vladimir Nabokov, Michael Crichton, John le Carré, Kurt Vonnegut, Yevgeny Yevtushenko, David Mamet, Haruki Murakami e Margaret Atwood. Na área da ilustração, por lá passaram cartoonistas como Harvey Kurtzman, Jack Cole e Jules Feiffer.

Tamanha diversidade de conteúdos gerou uma ironia que sempre acompanhou a vida pública da Playboy: o leitor chic ou, pelo menos, moralmente prudente tende a proclamar que procura a revista "por causa dos artigos"... Em 2016, a Playboy decidiu deixar de publicar fotografias com nudez — a decisão foi anulada no número de Março-Abril de 2017.

>>> Entrevista a Hugh Hefner na revista Time (2008).

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.