logo

Entrar
Actualizado às 4:15 PM, Oct 16, 2017

Aleksey Batalov (1928 - 2017)

Destaque Aleksey Batalov (1928 - 2017)

Nome lendário na galeria de grandes actores do cinema soviético, Aleksey Batalov faleceu em Moscovo, a 14 de Junho, na sequência de uma queda — contava 88 anos.
Pode dizer-se que nasceu em ambiente artístico: os pais, ambos actores, pertenceram ao Teatro de Arte de Moscovo, de Konstantin Stanislavski, que ele próprio viria a integrar em 1953. Em 1954, participou em Bolshaya Semya/Uma Grande Família, de Iosif Kheifits, filme cujo elenco foi globalmente distinguido com o prémio de interpretação em Cannes; em 1957, protagonizou Quando Passam as Cegonhas (1957), de Mikhail Kalatozov, uma das mais emblemáticas evocações da Segunda Guerra Mundial produzidas pelos estúdios Mosfilm — e também uma das mais internacionais: venceu a Palma de Ouro em Cannes/1958 [trailer original russo].

Moscovo não Acredita em Lágrimas (1980), de Vladimir Menshov, melodrama que propõe um fresco da sociedade soviética ao longo de duas décadas, até finais dos anos 70, é outras das principais referências da sua carreira — ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro. Entre as muitas distinções que recebeu inclui-se o título de Artista do Povo da URSS, em 1976, e o Prémio Russo de Literatura e Arte, em 2000.

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.