logo

Entrar
Actualizado às 9:01 PM, Jun 25, 2017

Rebel Heart Tour — DVD a 15 de Setembro

O DVD da Rebel Heart Tour já tem data de lançamento. Assim, a 15 de Setembro, o registo da digressão de Madonna estará nas lojas, surgindo também em Blu-ray e download digital; ao mesmo tempo, será editado um álbum com 22 canções dos concertos. Co-dirigido por Danny Tull e Nathan Rissman, Madonna: Rebel Heart Tour inclui material de palco e bastidores, no essencial recolhido nos concertos em Sydney, Austrália, em Março de 2016.
Tagged em

Radiohead — dia e noite

Está a chegar OKNOTOK, a edição comemorativa do 20º aniversário do álbum OK Computer, dos Radiohead. Das três canções que nunca tinham tido edição oficial, e são agora publicadas, já conhecíamos o teledisco de I Promise. Agora, é a vez de Man of War, encenado numa magnífica realização de Colin Read — um conto de assombramento em que o dia que se transforma em noite, ou a noite devora o dia. Drift all you like from ocean to oceanSearch the whole worldBut drunken confessions and hijacked affairsWill just make you more alone When you come home I’ll bake you a cakeMade of all their eyesI wish you could see me dressed for the kill You’re my man of warYou’re my…
Tagged em

MARVEL- OS DEFENSORES - Poster

A nova produção estreia mundialmente, na Netflix, a 18 de Agosto, 2017,e acompanha os personagens Matt Murdock/Demolidor (Charlie Cox), Jessica Jones (Krysten Ritter), Luke Cage (Mike Colter) e Danny Rand/Punho de Ferro (Finn Jones), um quarteto de herois singulares com um unico objectivo em comum – salvar a cidade de Nova Iorque. Esta é a história de quatro solitários que enfrentam grandes desafios pessoais mas que se apercebem que juntos talvez sejam mais fortes. Esta série integra o conjunto de produções Marvel da Netflix que inclui os títulos, Marvel-Demolidor , Marvel- Jessica Jones, Marvel- Luke Cage e Marvel-Punho de Ferro. O elenco de Marvel – Os Defensores é composto por Charlie Cox, (Matt Murdock/Demolidor), Krysten Ritter (Jessica Jones), Mike Colter…

O apocalipse segundo Moby

Moby tem estado a oferecer o download do seu 14º álbum de estúdio, More Fast Songs about the Apocalypse, co-assinado com o colectivo The Void Pacific Choir. Agora, veio explicitar a temática — apocalíptica, bem entendido — das suas nove canções. Aí está o teledisco de In This Cold Place, realizado por Steve Cutts, representando um mundo em que personagens de desenhos animados e super-heróis vivem as agruras de um tempo dominado pelo poder do dinheiro. Uma crónica realista? Não exactamente... mas o certo é que Donald Trump é uma das personagens!
Tagged em

Nicole Kidman, 50 anos

No filme Grace de Mónaco (2014), de Olivier Dahan, a memória de Grace Kelly é sujeita a uma evocação sóbria, mas convencional, das tensões entre o recato da intimidade e as obrigações da figura pública. Sendo tal abordagem em parte fundamentada num efeito de "duplicação" figurativa da própria personagem, por que é que, apesar de tudo, nos recordamos das singularidades do olhar e da pose, numa palavra, do trabalho de Nicole Kidman? A resposta é simples: é isso que define uma actriz (ou um actor). A saber: a capacidade de aceitar as exigências, desde logo de natureza física, da personagem, sem alienar a irredutibilidade do seu labor de composição. Encontramos na sua carreira os mais variados testemunhos dessa dialéctica, por…

Yoko Ono, co-autora de "Imagine"

A história das canções é também... a história da identificação dos seus autores. Quarenta e seis anos depois da edição de Imagine (1971), o segundo álbum a solo de John Lennon, a autoria da canção-título vai ser atribuída também a Yoko Ono. O anúncio de tal reconhecimento [Variety] foi feito na reunião anual da National Music Publishers Association [NMPA], em Nova Iorque, quando Yoko e o filho Sean Ono Lennon receberam o prémio 'Centennial Song' atribuído, precisamente, ao tema Imagine. Segundo David Israelite, presidente da NMPA, tal decisão fundamenta-se em declarações do próprio John Lennon, registadas pela BBC em 1980 [NPR].Ao que parece, tal alteração dos créditos de Imagine poderá implicar um longo e complexo processo legal de acerto dos…
Tagged em

Aleksey Batalov (1928 - 2017)

Nome lendário na galeria de grandes actores do cinema soviético, Aleksey Batalov faleceu em Moscovo, a 14 de Junho, na sequência de uma queda — contava 88 anos.Pode dizer-se que nasceu em ambiente artístico: os pais, ambos actores, pertenceram ao Teatro de Arte de Moscovo, de Konstantin Stanislavski, que ele próprio viria a integrar em 1953. Em 1954, participou em Bolshaya Semya/Uma Grande Família, de Iosif Kheifits, filme cujo elenco foi globalmente distinguido com o prémio de interpretação em Cannes; em 1957, protagonizou Quando Passam as Cegonhas (1957), de Mikhail Kalatozov, uma das mais emblemáticas evocações da Segunda Guerra Mundial produzidas pelos estúdios Mosfilm — e também uma das mais internacionais: venceu a Palma de Ouro em Cannes/1958 [trailer original…
Tagged em

Bill Butler (1933 - 2017)

O seu trabalho de montagem em Laranja Mecânica (1971) valeu-lhe uma nomeação para o Oscar: o inglês Bill Butler faleceu no dia 4 de Junho, em Sherman Oaks, California — contava 83 anos [não confundir com o director de fotografia Bill Butler]. Começou a sua carreira de montador no filme Mundial de Futebol - 66 (1966), de Ross Devenish e Abidin Dino. Desde Boa Noite, Sra. Campbell (1968), colaborou várias vezes com o realizador Melvin Frank, coordenando também a montagem de O Morto Era o Outro (1970), de Jerry Lewis, mas seria o envolvimento com Kubrick [trailer] o momento mais importante de toda a sua trajectória profissional. Embora com uma carreira regular, nunca mais esteve envolvido num projecto da envergadura…
Tagged em
Assinar este feed RSS