logo

Entrar
Actualizado às 10:22 PM, Nov 12, 2019

Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw - trailer

Depois de oito filmes que acumularam quase 5 mil milhões de dólares a nível mundial, o franchise ‘Velocidade Furiosa’ conta agora com o seu primeiro spin-off, com Dwayne Johnson e Jason Statham, novamente nos papéis de Luke Hobbs e Deckard Shaw, em ‘Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw’.

Desde que o corpulento agente da lei Hobbs (Johnson), um operacional dedicado do Serviço de Segurança Diplomática dos Estados Unidos, e o marginal Shaw (Statham), um ex-agente de elite do exército britânico, se enfrentaram pela primeira vez em ‘Velocidade Furiosa 7’, em 2015, a dupla alternou entre insultos e socos, enquanto se tentavam destruir um ao outro.

Mas quando Brixton (Idris Elba), o anarquista cibernético geneticamente alterado, assume o controlo de uma ameaça biológica que pode alterar para sempre a humanidade e derrota uma excelente e destemida agente do MI6 à margem da lei (Vanessa Kirby da série ‘The Crown’), curiosamente irmã de Shaw; estes dois inimigos mortais têm de se unir para destruir o único homem mais perigoso do que eles.

‘Hobbs & Shaw’ abre um novo caminho no universo ‘Velocidade Furiosa’, garantindo ação a nível global, de Los Angeles a Londres, e do deserto tóxico de Chernobil até à paisagem exuberante de Samoa.

Realizado por David Leitch (‘Deadpool 2’) a partir da história de Chris Morgan, há muito tempo responsável pela narrativa da saga ‘Velocidade Furiosa’, e com argumento deste e de Drew Pearce (‘Missão: Impossível – Nação Secreta’ e ‘Homem de Ferro 3’), ‘Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw’ é produzido por Dwayne Johnson, Jason Statham, Chris Morgan e Hiram Garcia. A produção executiva é de Dany Garcia, Kelly McCormick, Ethan Smith, Ainsley Davies e Steven Chasman.

Fonte: NOS Audiovisuais

«Turn Up Charlie» de Idris Elba

Turn Up Charlie centra-se no protagonista Charlie (Idris Elba), um DJ solteirão com dificuldades em vingar na carreira, e a quem é dada a última oportunidade de ter sucesso quando, relutantemente, aceita ser a “ama seca” da problemática filha do seu melhor amigo, Gabby (Frankie Hervey) em troca de uma derradeira possibilidade de obter sucesso. Piper Perabo e JJ Feild são os co-protagonistas.

Elba e Gary Reich são os co-criadores de Turn Up Charlie e são também os produtores executivos, em conjunto com Tristram Shapeero. Shapeero é ainda realizador da série, assim como Matt Lipsey. Martin Joyce e Ana Garanito são os co-produtores executivos. A série é co-produzida com a Reich’s Brown Eyed Boy Productions e Elba’s Green Door Pictures.

Os oito episódios da primeira temporada têm estreia global a 15 de março, na Netflix.

Fonte: Netflix

Molly´s Game

Molly Bloom passou de uma esquiadora de classe olímpica para organizadora de jogos de poker altamente exclusivos, acabando por ser presa a meio da noite por 17 agentes armados do FBI. Uma personagem complexa e ambiciosa, à medida de uma atriz recheada de talento, Jessica Chastain. A norte-americana continua a lutar pelo seu primeiro Óscar, após ter sido nomeada na categoria de Melhor Atriz Secundária por «As Serviçais» (2011) e na de Melhor Atriz Principal por «00:30 A Hora Negra» (2012). «Molly’s Game» apresenta-se como uma oportunidade audaciosa para, pelo menos, mais uma indicação. A acompanhá-la está um seguro grupo de atores, composto por nomes como Idris Elba, Kevin Costner e Bill Camp mas, é claro, Chastain é a rainha e senhora, numa escolha feita pela própria Molly Bloom, considerada a “Princesa de Póquer de Hollywood”.

O reconhecido argumentista Aaron Sorkin – vencedor do Óscar de Melhor Argumento Adaptado por «Moneyball - Jogada de Risco» (2011) – dá o salto para trás das câmaras e realiza a sua primeira obra. Para este desafio, adaptou o livro de memórias de Molly Bloom, numa história real e surpreendente. Esta é a total estreia enquanto realizador para Sorkin, já que não chegou a dirigir qualquer outra produção, nem mesmo de alguma das séries que criou, como «The Newsroom». Sorkin atingiu o sucesso tanto no cinema como na televisão: «Os Homens do Presidente» venceu 26 Emmys nas suas sete temporadas e os filmes em que assinou o argumento arrecadaram mais de 800 milhões de dólares nas bilheteiras.

Para o cineasta, «Molly’s Game» é cinema de super-heróis, tendo-se encantado pela história após ler o livro de memórias de Bloom e de uma hora a falar com ela, tomando a decisão de, pela primeira vez, também realizar. «Molly’s Game teve estreia no Festival de Cinema de Toronto e é um dos biopics mais aguardados da temporada.

HISTÓRIA
A história real da esquiadora Molly Bloom que, após ter perdido a oportunidade de participar nos Jogos Olímpicos, resolve trabalhar como empregada de mesa em Los Angeles mas acaba, algum tempo depois, por se tornar milionária ao organizar os mais exclusivos jogos de póquer da região.

Data de estreia prevista: 4 de janeiro de 2018

  • Publicado em Feature

Idris Elba e Kate Winslet em «A Montanha entre Nós» -trailer

Após um trágico acidente de avião, dois estranhos terão que se unir para sobreviver em condições atmosféricas extremas numa remota montanha.

Quando percebem que a ajuda não vai chegar, decidem embarcar numa viagem assustadora por centenas de quilómetros de terra selvagem, encorajando-se mutuamente para aguentar e abrindo espaço para uma atração inesperada.

Realizado pelo Nomeado para o Óscar da Academia Hany Abu-Asad e interpretado pela Vencedora do Óscar da Academia Kate Winslet e o vencedor do Globo de Ouro Idris Elba.

Estreia a 19 de Outubro 

  • Publicado em Videos

«A Torre Negra» com Idris Elba e Matthew McConaughey - trailer

No filme A Torre Negra de Stephen King, a original história de um dos mais conceituados autores mundiais, chega ao grande ecrã. O Pistoleiro Cavaleiro, Roland Deschain (Idris Elba), encontra-se preso numa batalha eterna com Walter O’Dim, também conhecido como o Homem de Negro (Matthew McConaughey), e decidido a impedi-lo de destruir a Torre Negra que mantem a unidade do Universo. Com o destino de mundo em jogo, o bem e o mal colidem numa derradeira batalha onde apenas Roland pode defender a Torre do Homem de Negro.

  • Publicado em Videos

Beasts of No Nation

«Beasts of No Nation» (2015) foi o primeiro filme original Netflix que impressionou a crítica e os espectadores, sendo um retrato cru e visceral de uma realidade pouco abordada na ficção. A história foca-se em Agu (Abraham Attah), um jovem da África Ocidental que vê a guerra civil destruir a sua família, sendo forçado a juntar-se a um grupo de guerrilheiros mercenários, transformando-se num soldado-menino.

Escrito e realizado por Cary Joji Fukunaga, «Beasts of No Nation» teve estreia no Festival de Cinema de Veneza, no qual o jovem protagonista arrecadou o prémio de Revelação Marcello Mastroianni. O ator britânico Idris Elba reafirmou, com este filme, o seu potencial dramático, conseguindo uma nomeação para o Globo de Ouro de Melhor Ator Secundário por esta interpretação.

Assinar este feed RSS