logo

Entrar
Actualizado às 12:37 PM, Feb 14, 2020

Marriage Story

Um nome reconhecido no cinema independente, Noah Baumbach tem conquistado muitos elogios com a sua nova obra, «Marriage Story». Depois de ter abordado o divórcio dos seus pais em «A Lula e a Baleia», Baumbach coloca em «Marriage Story» um pouco da sua própria história, após o seu divórcio da atriz Jennifer Jason Leigh, o que fez deste filme, “extremamente pessoal”. O cineasta procurou também mostrar os diferentes momentos do divórcio, passando pelo drama, mas também por momentos mais cómicos, permitindo “equilibrar o tom e referenciar diferentes géneros”. Ao longo da sua carreira, o norte-americano foi nomeado para o Óscar de Melhor Argumento Original justamente por «A Lula e a Baleia».

Baumbach quis explorar também como as questões legais acabam por afetar o processo, pelo que falou com “advogados, juízes, mediadores”. Apesar de os elementos do casal do filme tentarem resolver o caso de uma forma amigável, os advogados acabam por enveredar por outro caminho. Baumbach assinala que tal torna “muito difícil manter o rumo pretendido no início, independentemente de quão boas as intenções sejam”. O cineasta realça que tal é também um reflexo do sistema legal e que os advogados “certamente não são vilões”, mas “produtos do sistema”.

A história é intensa e as interpretações dos protagonistas também. Os papéis principais foram entregues a dois atores já firmados em Hollywood: Scarlett Johansson e Adam Driver. Ela é a atriz mais bem paga do mundo, estrela de filmes de super-heróis da Marvel e dona de uma carreira versátil, que mistura filmes independentes com blockbusters, personagens mais leves ou com maior carga dramática. Com uma carreira já recheada de papéis icónicos e iniciada quando ainda era uma criança, Johansson foi também nomeada para quatro Globos de Ouro. Ele tem uma carreira um pouco mais curta, mas também já marcante. Além dos dramas intimistas e intrincados em que tem vindo a participar, Adam Driver é também um dos protagonistas dos novos filmes Star Wars, tendo também sido nomeado recentemente para o Óscar de Melhor Ator Secundário por «BlacKkKlansman: O Infiltrado» (2018). As interpretações individuais e a química entre ambos são, por isso, pontos fortes na obra.

Mídia

Mais nesta categoria: « Chamem-me Dolemite Jojo Rabbit »

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.