logo

Entrar
Actualizado às 10:22 PM, May 23, 2017

CANNES: paisagem urbana

Destaque CANNES: paisagem urbana

Actualmente, o horizonte de Cannes é definido pela figura dançante de Claudia Cardinale. Neste caso, trata-se da zona da entrada principal para o Grande Auditório Lumière, no Palácio — seja como for, a imagem radiosa do cartaz da edição nº 70 do certame está literalmente em todo o lado, desde os grandes espaços de exposição pública até à montra da mais modesta mercearia. Este é, de facto, um evento que transfigura toda a paisagem urbana, mobilizando milhares de jornalistas (ainda não se sabem números oficiais, mas este ano as acreditações devem ultrapassar os 4 milhares), produtores, distribuidores e exibidores de todo o mundo — 3450 é o número de títulos a serem exibidos nas sessões do Mercado do Filme. Daí a tradicional moral da história: Cannes é também o festival em que importa saber "escolher" o que não é possível ver...

SOUND + VISION / METROPOLIS ]

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.