logo

Entrar
Actualizado às 11:08 AM, Oct 16, 2019

Jessica Chastain em «Miss Sloane»

O controlo de armas é um tema quente e muito controverso nos EUA. «Miss Sloane» coloca o dedo na ferida e mostra os jogos por detrás de Capitol Hill, numa luta de interesses de várias partes. Jonathan Perera tem aqui o seu primeiro argumento, que figurou no Top da Black List de 2015.

O realizador do filme, John Madden, apesar de não ter uma carteira de filmes fabulosos, é um nome que se deve ter em conta. Trata-se do realizador de «A Paixão de Shakespeare», vencedor de sete Óscares (incluindo Melhor Filme), num total de treze indicações, um dos mais nomeados de sempre. Madden compara o propósito de «Miss Sloane» com o de «O Caso Spotlight» (2015), considerando-o “uma referência”. “O nosso filme fala sobre a busca de um objetivo e as pressões que são exercidas, sendo devidamente entusiasmante de formas inesperadas”, assinala Madden.

Jessica Chastain, uma das melhores atrizes norteamericanas na atualidade, é uma força da natureza e uma verdadeira workaholic. Desde que teve o seu primeiro papel de destaque em «A Árvore da Vida» (2011), já participou em mais de uma dezena de filmes, tendo sido nomeada para o Óscar de Melhor Atriz Secundária por «As Serviçais» (2011) e na categoria de Melhor Atriz Principal por «00:30 A Hora Negra» (2012). Em «Miss Sloane», Chastain volta a assumir uma personagem arrebatadora e inebriante, com uma força capaz de mover montanhas. A atriz conheceu 11 mulheres estrategas que trabalham em Washington e constatou que há algo semelhante entre elas: “Todas tiveram que trabalhar mais do que os seus colegas homens”. E numa Hollywood em que tanto se fala da dificuldade das mulheres em conseguir impor-se, eis um filme que tem como protagonista uma mulher poderosa. «Miss Sloane» não pára de somar pontos.

HISTÓRIA O filme centra-se na história de Elizabeth Sloane (Jessica Chastain), uma implacável estratega política que faz de tudo para conseguir o que quer, mesmo que coloque a carreira em risco, como poderá acontecer quando tenta passar com sucesso uma emenda com leis mais rígidas de controlo de armas.

REALIZADOR: JOHN MADDEN («A Paixão de Shakespeare», 1998; «O Exótico Hotel Marigold»; 2011)

ELENCO: JESSICA CHASTAIN, GUGU MBATHA-RAW, MARK STRONG

DATA DE ESTREIA PREVISTA: 9 DE DEZEMBRO (EUA)

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.