logo

Entrar
Actualizado às 11:13 AM, Oct 23, 2019

À Procura de Dory - Submersos na aventura

O filme da Disney•Pixar «À Procura de Dory» volta a dar as boas-vindas ao grande ecrã, ao peixe azul esquecido e preferido de toda a gente, Dory, que está a viver alegremente no recife com Nemo e Marlin. Quando de repente Dory se lembra que tem uma família lá fora e que pode estar à sua procura, recruta Marlin e Nemo para uma aventura que lhe irá mudar a sua vida entre o mar até ao prestigiado Instituto de Vida Marinha da Califórnia (IVM), um centro de reabilitação e aquário.

Num esforço para encontrar a mãe e o pai, Dory pede ajuda a três dos residentes mais intrigantes do IVM: Hank, um polvo rabugento que se escapa frequentemente dos funcionários, Bailey, uma baleia beluga que está convencida que as suas capacidades de eco localização estão avariadas e Destiny, um tubarão-baleia míope.
Ao navegar habilmente pelos complexos internos do IVM, Dory e os seus amigos descobrem a magia nas suas falhas, amizades e família.

Os realizadores estavam ansiosos por responder a algumas perguntas sobre o passado de Dory. “Tem o desejo natural de saber quem é e de onde vem”, diz o realizador Andrew Stanton. “Sempre tive ideias sobre o passado de Dory e decidimos que tinha chegado o momento de o explorar.”
“A perda de memória a curto prazo de Dory, anteriormente usada enquanto fonte de comédia, trouxe-lhe consequências sérias”, diz a produtora Lindsey Collins. “Passou muito tempo sozinha antes de conhecer Marlin. É sempre otimista e alegre, mas no fundo tem medo do que lhe pode acontecer se se perde outra vez. Enquanto luta para lidar com os seus defeitos - não tem problema em aceitar com quem se cruza. Nem se apercebe de que está rodeada de personagens que têm os seus próprios obstáculos a superar.”

“A história é sobre Dory a encontrar-se em todos os sentidos”, acrescenta Andrew. “É irresistível e vulnerável e ainda tem de reconhecer o seu super poder.”

Dory 6

«À Procura de Dory» apresenta um elenco de vozes de luxo, que volta a dar as boas-vindas ao mar a Ellen DeGeneres («The Ellen DeGeneres Show») e Albert Brooks («Aguenta-te aos 40!»), como os nossos peixes favoritos Dory e Marlin. Ed O’Neill («Uma Família Muito Moderna») empresta a sua voz ao polvo Hank, Kaitlin Olson («Nunca Chove em Filadélfia») dá a voz ao tubarão-baleia Destiny e Ty Burrell («Uma Família Muito Moderna») dá voz à baleia beluga Bailey. A representar os pais de Dory, Charlie e Jenny, estão Eugene Levy e Diane Keaton («Os Coopers São o Máximo«). Com 12 anos, Hayden Rolence entra em cena para ajudar a dar vida a Nemo.

Realizado por Andrew Stanton («À Procura de Nemo», «WALL•E») e co-realizado por Angus MacLane («Toy Story de Terror!»), o filme é produzido por Collins (co-produtor de «WALL•E») e tem John Lasseter como produtor executivo. Com música do compositor veterano, e já um antigo colaborador de Andrew, Thomas Newman («Ponte dos Espiões», «À Procura de Nemo»), o filme da Disney•Pixar «À Procura de Dory» chega aos cinemas portugueses a 23 de Junho de 2016.

Quase 13 Anos depois da estreia subaquática de Dory,
os realizadores voltam a mergulhar

A história é fundamental na Pixar Animation Studios. Se um filme introduz novas personagens ou revisita velhos amigos, começa tudo com uma história que tem de ser contada.

Apesar do filme de 2003, vencedor do ÓSCAR ®, «À Procura de Nemo» ter deixado os realizadores e os fãs completamente preenchidos – houve algo que ficou sempre nas profundezas da mente do realizador Andrew Stanton, embora não se tenha manifestado até há poucos anos atrás. “Apercebi-me que estava preocupado com Dory”, diz. “A ideia de sofrer de perda de memória a curto prazo e a forma como isso a afetou não estava resolvida. E se a perde de novo? Vai ficar bem?”

dory 5

A produtora Lindsey Collins acrescenta, “Dory parece tão feliz, mas nunca se tinha apercebido até ter conhecer Marlin. O encontro ao acaso e a amizade que surgiu daí, fez com que Dory sentisse, pela primeira vez desde que era criança, que tinha uma família.”

A família é o tema principal de «À Procura de Dory». “Quando conhecemos Dory, sabemos que não se lembra de onde vem”, diz Andrew. “Mas tem de ter uma família. Questiona, ‘Onde é que estão? “- A sua confusão tem piada, mas existe uma realidade triste nisso. Sabia que havia uma história digna de ser contada.”

De acordo com Andrew, a equipa que criou a história, apresentou Dory no início como alegre, borbulhante e engraçada - atributos que certamente se aplicam à personagem, mas deixou-a sem profundidade. “Parecia um pouco bidimensional”, diz o realizador. “Percebi que mesmo tendo a sua história passada completa na minha cabeça, mais ninguém tinha - incluindo o público. Todos ficaram com boas lembranças dela por ser muito engraçada no filme «À Procura de Nemo». Mas sempre vi isso como uma máscara. Apercebi-me que tinha de mostrar ao público aquilo que lhe aconteceu quando era nova.”

dory 4

A história começa um ano depois de Dory e Marlin estarem a viajar pelo oceano à procura de Nemo. A migração das raias mexe com a memória de Dory. “A experiência é muito parecida ao evento que a separou dos pais há muito tempo”, diz Andrew. “É invadida por memórias e de repente fica muito motivada para ir à procura da sua família.”

Num esforço para manter Dory focada para encontrar a sua família, os realizadores tiveram de perceber primeiro os seus problemas de memória. Lindsey diz”, Enquanto Dory se esquece de detalhes do seu dia-a-dia - como o nome de Nemo - a sua memória emocional está muito bem - sabe que ama Nemo e Marlin. E o amor que sente pelos pais também está sempre presente.”
De acordo com o co-realizador Angus MacLane, uma memória marca o início de uma nova aventura. “Começa uma missão - tanto interna como externa - para tentar encontrar a sua família”, diz. “Mas Dory sente que não pode concretizá-la por conta própria e por isso vai falar com a sua nova família - Marlin e Nemo - para também participarem.”

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.