logo

Entrar
Actualizado às 3:34 PM, Mar 25, 2020

Septembers of Shiraz

Provavelmente o pior filme visto no Festival. O realizador de «The Sapphires», Wayne Blair, mostra-nos como uma família iraniana tenta ficar junta após a revolução fundamentalista de 1979. Torna-se muito, muito penoso ver Salma Hayek e Adrian Brody com sotaques ingleses a tentar sugerir o farsi.

Proposta manipulativa e sempre maniqueísta, «Septembers of Shiraz» dá a sensação que foi colocado na secção de Galas para fazer o jeito ao público judeu – a história foca a prisão injusta de um chefe de família judia no período pós-revolucionário em Teerão. Se há filmes que aproveitam o balanço de Toronto para os Óscares, este vai aproveitar o balanço para os Razzies... Não consegue criar emoção, não consegue tocar o espetador.

Apesar de estar comprado pela NOS Audiovisuais, é daqueles filmes que deve ir parar ao esquecimento do direto para home cinema...

Mídia

Modificado emsexta, 13 maio 2016 21:52
Mais nesta categoria: « Truth Mamã »

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.