logo

Entrar
Actualizado às 2:55 PM, Oct 22, 2019

Dope

A vida de um grupo de adolescentes num bairro problemático de Los Angeles surge transfigurada através de um sábio doseamento de hip hop (eles são fanáticos dos anos 90) que, insolitamente, aproxima o filme de algumas componentes clássicas do filme musical. Dir-se-ia uma variação sobre temas e matrizes de Spike Lee, transfigurada por uma sensibilidade que não é estranha a métodos narrativos de algum documentarismo — uma das boas revelações da Quinzena.

João Lopes em Cannes

Texto originalmente publicado na revista Metropolis nº 27

Modificado emsexta, 13 maio 2016 22:12
Mais nesta categoria: « Que Horas Ela Volta? Lolo »

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.