logo

Entrar
Actualizado às 10:34 PM, Sep 15, 2019

Mãos de Pedra

Embora tenha sido levado a Cannes, de última hora, como tributo ao genial ator que Robert De Niro um dia, lá atrás nos anos 1970 e 80, foi, este aspirante a Rocky Balboa não consegue disfarçar sua enguiçada constru- ção narrativa decalcada de toda a tradição dos dramas esportivos sem inovar uma vírgula que seja no filão. De Niro aparece ainda mais envelhecido, com cabelos 100% brancos, graças a um trabalho de maquiagem. Com direção do venezuelano Jonathan Jakubowicz, a produ- ção, a ser exibida na Croisette no dia 16, narra a relação entre o pugilista panamenho Roberto Duran (Edgar Ramirez) e seu treinador, a lenda do boxe Ray Arcel (De Niro) entre as décadas de 1970 e 80, ao longo de lutas históricas. O filme estreia nos EUA dia 26 de agosto, de olho em indicações ao Oscar para De Niro, neste momento em que ele se prepara para uma experiência na TV, no telefilme da HBO «The Wizard of Lies».

Mídia

Modificado emquinta, 29 setembro 2016 12:54

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.