logo

Entrar
Actualizado às 11:43 AM, Jul 21, 2019

Oferta de convites «Anna - Assassina Profissional» Lisboa e Vila Nova de Gaia

Sob a beleza estonteante de Anna Poliatova está um segredo que vai emancipar a sua força indestrutível e habilidade para se tornar num dos assassinos do governo mais temidos do mundo. Uma eletrizante viagem de emoção com uma energia propulsora, reviravoltas surpreendentes e ação de tirar o fôlego, ANNA apresenta Sasha Luss no papel principal com um elenco repleto de estrelas, incluindo a vencedora do Óscar Helen Mirren (A Rainha), Cillian Murphy (28 Dias Depois) e Luke Evans (A Bela e o Monstro). Um filme de Luc Besson (Nikita – Dura de Matar; Lucy).

ANNA POSTER

Passatempo

LISBOA
CINEMA NOS, ALVALÁXIA
QUARTA-FEIRA, DIA 17 JULHO, 21H30

GAIA
CINEMA UCI ARRABIDA SHOPPING
QUARTA-FEIRA, DIA 17 JULHO, 21H30

Indicações especiais em Lisboa

* Os premiados deverão apresentar-se com o seu CC ou outro documento identificativo preferencialmente até 30 minutos antes do início do evento, para levantar os seus convites;
* Não serão entregues convites mediante apresentação da identificação pessoal do vencedor por outras pessoas, nem cópias dos referidos documentos;
* Só será permitido levantar um convite duplo por pessoa.

Por favor leia as regras dos passatempos

Para se habilitar a um dos convites válidos para duas pessoas que temos para oferecer, seja preferencialmente nosso fã no Facebook. Basta colocar um gosto na nossa página. Se já é nosso fã, o nosso muito obrigado! E responda a uma pergunta.

Made with BreezingForms for Joomla!® by Crosstec

CONVITE ANIVERSÁRIO
* Se o seu aniversário for em Junho ou Julho envie a sua participação directamente para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (Assunto: «Anna») com a resposta, o seu nome completo e número de CC ou BI e sala de cinema. Envie ainda a cópia de um documento que inclua o seu nome e data de nascimento – a parte da frente do seu cartão de cidadão, de um qualquer diploma ou qualquer outro documento que apresente essas informações de forma clara).

REGRAS GERAIS DOS PASSATEMPOS

* SE NUNCA GANHOU CONVITES METROPOLIS PODE INDICÁ-LO NA ÁREA DOS COMENTÁRIOS.
* Os dados comunicados não serão revelados a terceiros.
* Todas as participações serão numeradas por ordem de chegada e um programa informático seleccionará as premiadas;
* Solicitamos a todos os participantes que consultem com regularidade as suas caixas de correio, incluindo o "Lixo";
* O envio de mails aos premiados até cerca de 24 horas antes da sessões é uma cortesia. A Metropolis publica listas de premiados pouco depois do apuramento.
* Os convites são válidos no limite dos lugares disponíveis e devem ser levantados atempadamente antes da hora marcada para a sessão. A METROPOLIS não se responsabiliza caso a sua entrada seja recusada por excesso de lotação.
* Os faltosos serão excluídos de futuras ante-estreias METROPOLIS. Por favor, participe apenas se desejar e puder estar presente.
* Evite participar em seu nome e no de mais de 20 amigos. A não ser que eles não tenham acesso a internet, não há justificação para que não sejam eles a fazê-lo. As hipóteses de ganhar aumentam com as participações verdadeiramente individuais.

 

 

Oferta de convites Sessão Metropolis «Green Book» Lisboa e Vila Nova de Gaia

O nomeado pela Academia VIGGO MORTENSEN (Capitão Fantástico, A trilogia “O Senhor dos Anéis”) e o vencedor do Oscar® da Academia MAHERSHALA ALI (Moonlight) são os protagonistas de Green Book – Um Guia para a Vida da Participant Media e da DreamWorks Pictures. Nesta sua poderosa incursão pelo género dramático como realizador de longas-metragens, PETER FARRELLY (Doidos por Mary) dirige o filme, inspirado por uma genuína amizade que transcendeu as restrições raciais, de classe e sociais no início dos anos 60.

Quando Frank Anthony Vallelonga, também conhecido como Tony Lip (Mortensen), um segurança de Nova Iorque de um bairro italo-americano de The Bronx, é contratado para conduzir e proteger o Dr. Don Shirley (Ali), um pianista negro de renome mundial, pela tournée de concertos desde Manhattan até ao Sul, eles têm que confiar no guia de viagem The Green Book que lhes oferece opções seguras de estadia, restaurantes e negócios para afro-americanos durante a era de segregação e leis de Jim Crow - lugares onde o Dr. Shirley não fosse recusado, humilhado ou ameaçado de violência.

GREEN BOOK POSTER

Passatempo

A PRIS Audiovisuais e a Revista Metropolis têm para oferecer convites duplos para a sessão Metropolis de «Green Book» em Lisboa e antestreia em Vila Nova de Gaia.

Sala e sessão

LISBOA*
CINEMA NOS AMOREIRAS
TERÇA-FEIRA, DIA 22 JANEIRO, 21H15

*Por disposição dos promotores deste evento, os premiados apenas poderão levantar um convite em seu nome, independentemente dos passatempos em que ganharam. Não serão entregues convites mediante apresentação da identificação pessoal do vencedor por outras pessoas, nem cópias dos referidos documentos.

VILA NOVA DE GAIA
CINEMA UCI ARRÁBIDA SHOPPING
QUARTA-FEIRA, DIA 23 JANEIRO, 21H30

Por favor leia as regras dos passatempos

Para se habilitar a um dos convites válidos para duas pessoas que temos para oferecer, seja preferencialmente nosso fã no Facebook. Basta colocar um gosto na nossa página. Se já é nosso fã, o nosso muito obrigado! E responda a uma pergunta.

[No form id or name provided!]

CONVITE ANIVERSÁRIO
* Se o seu aniversário for em Janeiro, Fevereiro ou Março, envie a sua participação directamente para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (Assunto: «Green Book») com a resposta, o seu nome completo e número de CC ou BI e sala de cinema. Envie ainda a cópia de um documento que inclua o seu nome e data de nascimento – a parte da frente do seu cartão de cidadão, de um qualquer diploma ou qualquer outro documento que apresente essas informações de forma clara).

REGRAS GERAIS DOS PASSATEMPOS

* SE NUNCA GANHOU CONVITES METROPOLIS PODE INDICÁ-LO NA ÁREA DOS COMENTÁRIOS.
* Os dados comunicados não serão revelados a terceiros.
* Todas as participações serão numeradas por ordem de chegada e um programa informático seleccionará as premiadas;
* Solicitamos a todos os participantes que consultem com regularidade as suas caixas de correio, incluindo o "Lixo";
* O envio de mails aos premiados até cerca de 24 horas antes da sessões é uma cortesia. A Metropolis publica listas de premiados pouco depois do apuramento.
* Os convites são válidos no limite dos lugares disponíveis e devem ser levantados atempadamente antes da hora marcada para a sessão. A METROPOLIS não se responsabiliza caso a sua entrada seja recusada por excesso de lotação.
* Os faltosos serão excluídos de futuras ante-estreias METROPOLIS. Por favor, participe apenas se desejar e puder estar presente.
* Evite participar em seu nome e no de mais de 20 amigos. A não ser que eles não tenham acesso a internet, não há justificação para que não sejam eles a fazê-lo. As hipóteses de ganhar aumentam com as participações verdadeiramente individuais.

Oferta de convites Sessão Metropolis «Robin Hood» Lisboa e Gondomar

Uma aventura a um ritmo supremo que não diminui, ROBIN HOOD reintroduz o icônico ladrão como o herói obscuro e irresistível de uma cidade turbulenta que precisa desesperadamente de organização. Na emocionante aventura de ação dos nossos tempos, a primeira revolta de Robin contra um Reino corrupto explode em batalhas, coreografias de luta, uma amizade irreverente e um romance intemporal. Esta novidade em ROBIN HOOD é apresentada em grande escala, condizente com o renascimento do super-herói cinematográfico de 2018.

Com Taron Egerton a liderar um elenco dinâmico, este Robin é um moderno guerreiro das sombras. Ele teve o privilégio de ter nascido como Lorde de Loxley, mas agora regressa da guerra como um veterano assombrado que perdeu tudo, incluindo o seu verdadeiro amor, Marian [Eve Hewson]. Com a ajuda de um descendente igualmente marcado pela guerra, em tempos o seu inimigo mortal, John [Jamie Foxx], Robin assume um novo alter-ego: como um vingador encapuzado que ataca os poderosos na busca de justiça para o povo.

Jamie Foxx, que interpreta o rival que virou mentor de Robin, afirmou “O realizador, Otto Bathurst e o Produtor, Leonardo DiCaprio tiveram uma visão de Robin Hood totalmente moderna. A ação, os personagens e até os figurinos são viciantes. Este ROBIN HOOD leva o espectador a um lugar inesperado.”

ROBIN HOOD MREC 300X250px

Passatempo

A PRIS Audiovisuais e a Revista Metropolis têm para oferecer convites duplos para a sessão Metropolis de «Robin Hood» em Lisboa e antestreia em Gondomar.

Sala e sessão

LISBOA*
CINEMA NOS ALVALÁXIA
TERÇA-FEIRA, DIA 27 NOVEMBRO, 21H15
(sessão antecedida de apresentação)

*Por disposição dos promotores deste evento, os premiados apenas poderão levantar um convite em seu nome, independentemente dos passatempos em que ganharam. Não serão entregues convites mediante apresentação da identificação pessoal do vencedor por outras pessoas, nem cópias dos referidos documentos.

GONDOMAR
CINEMAS NOS Parque Nascente
QUARTA-FEIRA, DIA 28 DE NOVEMBRO, 21h30

Por favor leia as regras dos passatempos

Para se habilitar a um dos convites válidos para duas pessoas que temos para oferecer, seja preferencialmente nosso fã no Facebook. Basta colocar um gosto na nossa página. Se já é nosso fã, o nosso muito obrigado! E responda a uma pergunta.

[No form id or name provided!]

CONVITE ANIVERSÁRIO
* Se o seu aniversário for em Novembro ou Dezembro, envie a sua participação directamente para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (Assunto: «Robin Hood») com a resposta, o seu nome completo e número de CC ou BI e sala de cinema. Envie ainda a cópia de um documento que inclua o seu nome e data de nascimento – a parte da frente do seu cartão de cidadão, de um qualquer diploma ou qualquer outro documento que apresente essas informações de forma clara).

REGRAS GERAIS DOS PASSATEMPOS

* SE NUNCA GANHOU CONVITES METROPOLIS PODE INDICÁ-LO NA ÁREA DOS COMENTÁRIOS.
* Os dados comunicados não serão revelados a terceiros.
* Todas as participações serão numeradas por ordem de chegada e um programa informático seleccionará as premiadas;
* Solicitamos a todos os participantes que consultem com regularidade as suas caixas de correio, incluindo o "Lixo";
* O envio de mails aos premiados até cerca de 24 horas antes da sessões é uma cortesia. A Metropolis publica listas de premiados pouco depois do apuramento.
* Os convites são válidos no limite dos lugares disponíveis e devem ser levantados atempadamente antes da hora marcada para a sessão. A METROPOLIS não se responsabiliza caso a sua entrada seja recusada por excesso de lotação.
* Os faltosos serão excluídos de futuras ante-estreias METROPOLIS. Por favor, participe apenas se desejar e puder estar presente.
* Evite participar em seu nome e no de mais de 20 amigos. A não ser que eles não tenham acesso a internet, não há justificação para que não sejam eles a fazê-lo. As hipóteses de ganhar aumentam com as participações verdadeiramente individuais.

Sessão Metropolis «Shoplifters - Uma Família de Pequenos Ladrões» - convites Lisboa e Porto

Depois de uma das suas sessões de furtos, Osamu e seu filho encontram uma menina sob um frio gélido.

No início, relutante em abrigar a menina, a esposa de Osamu acaba por concordar em abrigá-la.

Embora a família seja pobre, mal ganhando dinheiro suficiente para sobreviver, através de pequenos crimes, eles parecem viver felizes juntos, até que um incidente imprevisto revela segredos escondidos, testando os laços que os unem...

Vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes em 2018.

SHOPLIFTERS

 

Passatempo

A Legendmain Filmes e a Revista Metropolis têm para oferecer convites duplos para as sessões especiais de «Shoplifters - Uma Família de Pequenos Ladrões» em Lisboa e Porto.

Sala e sessão

LISBOA
Cinema City Campo Pequeno, terça-feira, 20 de Novembro, 21h15 (sessão exclusiva antecedida de apresentação)

PORTO
Cinema Trindade, terça-feira, 20 de Novembro, 21h15 (sessão exclusiva antecedida de apresentação)

(*) Por disposição dos promotores deste evento, os premiados apenas poderão levantar um convite em seu nome, independentemente dos passatempos em que ganharam. Não serão entregues convites mediante apresentação da identificação pessoal do vencedor por outras pessoas, nem cópias dos referidos documentos.

Por favor leia as regras dos passatempos

Para se habilitar a um dos convites válidos para duas pessoas que temos para oferecer, seja preferencialmente nosso fã no Facebook. Basta colocar um gosto na nossa página. Se já é nosso fã, o nosso muito obrigado! E responda a uma pergunta.

[No form id or name provided!]

CONVITE ANIVERSÁRIO
* Se o seu aniversário for em Novembro ou Dezembro, envie a sua participação directamente para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (Assunto: «Shoplifters») com a resposta, o seu nome completo e número de CC ou BI e sala de cinema. Envie ainda a cópia de um documento que inclua o seu nome e data de nascimento – a parte da frente do seu cartão de cidadão, de um qualquer diploma ou qualquer outro documento que apresente essas informações de forma clara).

REGRAS GERAIS DOS PASSATEMPOS

* SE NUNCA GANHOU CONVITES METROPOLIS PODE INDICÁ-LO NA ÁREA DOS COMENTÁRIOS.
* Os dados comunicados não serão revelados a terceiros.
* Todas as participações serão numeradas por ordem de chegada e um programa informático seleccionará as premiadas;
* Solicitamos a todos os participantes que consultem com regularidade as suas caixas de correio, incluindo o "Lixo";
* O envio de mails aos premiados até cerca de 24 horas antes da sessões é uma cortesia. A Metropolis publica listas de premiados pouco depois do apuramento.
* Os convites são válidos no limite dos lugares disponíveis e devem ser levantados atempadamente antes da hora marcada para a sessão. A METROPOLIS não se responsabiliza caso a sua entrada seja recusada por excesso de lotação.
* Os faltosos serão excluídos de futuras ante-estreias METROPOLIS. Por favor, participe apenas se desejar e puder estar presente.
* Evite participar em seu nome e no de mais de 20 amigos. A não ser que eles não tenham acesso a internet, não há justificação para que não sejam eles a fazê-lo. As hipóteses de ganhar aumentam com as participações verdadeiramente individuais.

 

Oferta de convites Sessão Metropolis «Submersos» Lisboa e Gaia

 «Submersos» é uma história de amor que nos leva até aos mundos diametralmente opostos dos seus dois protagonistas, Danielle Flinders (Alicia Vikander) e James More (James McAvoy).

Eles encontram-se, por mero acaso, num hotel remoto na Normandia onde ambos se preparam para perigosas missões. Apaixonam-se, contra a sua própria vontade, mas rapidamente reconhecem no outro o amor da sua vida. Quando têm de se separar, descobrimos que James trabalha para os Serviços Secretos Britânicos. Ele está envolvido numa missão na Somália que visa encontrar a localização primordial dos bombistas suicidas que se infiltram na Europa.

Danielle Flinders é matemática e bióloga, e trabalha num equipamento para mergulho em mar profundo, a fim de corroborar a sua tese sobre a origem da vida no nosso planeta. Rapidamente, ficam a mundos de distância... James é feito refém por combatentes Jihadistas, ficando sem forma de contactar Danielle, e esta terá de mergulhar até ao fundo do oceano no seu submergível sem saber se James está ou não vivo...

SUBMERGENCE poster

Estreia a 24 de Maio

Passatempo

A Cinemundo e a Revista Metropolis têm para oferecer convites duplos para a sessão Metropolis de «Submersos» em Lisboa e Porto.

Sala e sessão

Lisboa
Cinema City Campo Pequeno, 17 de Maio (quinta-feira) - 21h15

Vila Nova de Gaia
Cinemas UCI Arrábida Shopping, 23 de Maio, 21h30

Por favor leia as regras dos passatempos

Para se habilitar a um dos convites válidos para duas pessoas que temos para oferecer, seja preferencialmente nosso fã no Facebook. Basta colocar um gosto na nossa página. Se já é nosso fã, o nosso muito obrigado! E responda a uma pergunta.

[No form id or name provided!]

 

METROPOLIS EDIÇÃO Nº59

Capa M59 site

 

CONVITE ANIVERSÁRIO
* Se o seu aniversário for em Maio ou Junho envie a sua participação directamente para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (Assunto: «Submersos») com a resposta, o seu nome completo e número de CC ou BI e sala de cinema. Envie ainda a cópia de um documento que inclua o seu nome e data de nascimento – a parte da frente do seu cartão de cidadão, de um qualquer diploma ou qualquer outro documento que apresente essas informações de forma clara).

* A atribuição destes convites não é automática, depende do número de convites disponível e de aniversariantes que participam.
* Se enviar cópia de BI/CC e a imagem for de boa qualidade, deve sempre ser inutilizada (por exemplo tapando dados que não interessam, escrever a palavra “passatempo” na diagonal por cima, etc.). E naturalmente não precisamos da frente e verso.
* As participações de aniversário são apagadas uma semana após a sessão.

REGRAS GERAIS DOS PASSATEMPOS

* SE NUNCA GANHOU CONVITES METROPOLIS PODE INDICÁ-LO NA ÁREA DOS COMENTÁRIOS.
* Os dados comunicados não serão revelados a terceiros.
* Todas as participações serão numeradas por ordem de chegada e um programa informático seleccionará as premiadas;
* Solicitamos a todos os participantes que consultem com regularidade as suas caixas de correio, incluindo o "Lixo";
* O envio de mails aos premiados até cerca de 24 horas antes da sessões é uma cortesia. A Metropolis publica listas de premiados pouco depois do apuramento.
* Os convites são válidos no limite dos lugares disponíveis e devem ser levantados atempadamente antes da hora marcada para a sessão. A METROPOLIS não se responsabiliza caso a sua entrada seja recusada por excesso de lotação.
* Os faltosos serão excluídos de futuras ante-estreias METROPOLIS. Por favor, participe apenas se desejar e puder estar presente.
* Evite participar em seu nome e no de mais de 20 amigos. A não ser que eles não tenham acesso a internet, não há justificação para que não sejam eles a fazê-lo. As hipóteses de ganhar aumentam com as participações verdadeiramente individuais.

«Taxi Driver» - NOVA IORQUE, 1976

A história de «Taxi Driver» envolve já várias gerações de espectadores, desde os que o descobriram, siderados, no seu lançamento, até os que o foram conhecendo através do DVD e formatos alternativos. É uma história que se condensa num hiato de 35 anos, entre a estreia, a 8 de Fevereiro de 1976, e o dia 17 de Fevereiro de 2011, quando a sua esplendorosa cópia restaurada foi estreada no Festival de Berlim.A sessão da Berlinale, realizada no imponente Friedrichstadt-Palast (com os seus quase dois mil lugares esgotados) deixou a certeza de que se tornou possível recuperar os grandes clássicos rodados em película de 35 mm para cópias digitais (com 4K de definição), preservando toda a riqueza das suas texturas cromáticas. O restauro, coordenado por Martin Scorsese e pelo director de fotografia, Michael Chapman, devolve-nos a densidade visual e dramática de um filme cujo apelo lendário o tempo consolidou – é essa cópia que agora, justamente, poderá ser vista pelos espectadores portugueses.

«Taxi Driver» emergiu, afinal, como símbolo de um cinema que não abdicava de olhar, de forma crítica e apaixonada, para uma América que já não se podia reconhecer nas suas mitologias clássicas (que pertencem também ao seu cinema clássico). No olhar perturbado e perturbante de Travis Bickle (Robert De Niro), Scorsese fazia ecoar a angústia de um tempo em que até mesmo a identidade da grande metrópole novaiorquina estava posta em causa. Vale a pena recordar que 1976 foi também o ano em que o cinema americano ajustou contas com os fantasmas do caso Watergate (Os Homens do Presidente, Alan J. Pakula) e fez o premonitório inventário da degradação populista de algumas formas de televisão (Network, Sidney Lumet). Por tudo isso, rever «Taxi Driver» será também reencontrar a energia de um cinema de invulgar ousadia temática e artística.

(Texto publicado na Metropolis nº7 e no programa de «Taxi Driver» integrado nas Sessões Clássicas Metropolis)

A MEDEIA FILMES associa-se às celebrações do 40º aniversário de TAXI DRIVER e exibe, em exclusivo no ESPAÇO NIMAS, o filme mítico de MARTIN SCORSESE, numa versão digital restaurada e remasterizada. TAXI DRIVER poderá ser visto a partir de 22 DE SETEMBRO.

 

  • Publicado em Feature

Joy

A impressão que nos fica depois de ver «Joy» é a de algo pouco coeso e que nunca chega a deslumbrar por completo. O filme dá-nos a conhecer a história de Joy Mangano (Jennifer Lawrence), uma mulher lutadora que superou inúmeros obstáculos para conseguir provar a força do seu talento. Dona de uma criatividade ímpar, Joy construiu nos anos 1990 um império milionário em torno de uma ideia inovadora para uma esfregona (a famosa “Miracle Mop”). Mas este sucesso, como fica bem claro no filme, não foi instantâneo. A começar pelo peso excessivo das responsabilidades familiares, os problemas financeiros, mas, sobretudo, a falta de confiança em si própria foram várias as barreiras que Joy teve de ultrapassar para chegar ao seu objetivo.

Assistir ao crescimento da personagem, à mudança de atitude para consigo mesma acabam por ser os aspetos mais interessantes do argumento, mas tudo o resto se dissipa. Joy é o centro da ação, as personagens secundárias apenas orbitam à sua volta, não acrescentando muito ao cômputo geral. E é neste sentido que vemos algum talento desperdiçado, como acontece com Bradley Cooper e Robert DeNiro.

Este filme quer ser mais do que a simples história de Joy, quer falar de um conjunto de mulheres corajosas e inspiradoras – uma delas a própria Jennifer Lawrence, segundo palavras do argumentista e realizador da obra, David O. Russell. Contudo, neste filme, O. Russell sai-se muito melhor no papel de realizador, conseguindo belos momentos, com enquadramentos criativos e engenhosos, que engrandecem o talento da protagonista. Já o argumento causa alguma desilusão, até porque sabemos do especial trato que O. Russell habitualmente consegue dar às emoções, como no formidável «Guia para um Final Feliz» (2012). «Joy» também é feito de emoções, mas estas não tiveram a merecida atenção.

Jennifer Lawrence é uma atriz em estado de graça e, por vezes, até sentimos que ainda não vimos o melhor dela, conseguindo neste novo filme um desempenho irrepreensível e exemplar. É por ela que o filme se salva, pelas suas nuances dramáticas, pela forma como se entrega à personagem e, sobretudo, pela forma como a entende. Lawrence consegue perceber o âmago das suas personagens como poucos, o que faz com que a atriz consiga arrancar o melhor que elas têm para dar.

A obra assenta numa história de alguém profundamente inspirador. «Joy» vale pela sua protagonista e pela singularidade da história que conta, mas contávamos sair com mais algum rejúbilo da sala de cinema...

Título Nacional
Joy
Título Original
Joy
REALIZADOR
David O. Russell
ACTORES
Jennifer Lawrence
Robert De Niro
Bradley Cooper
ORIGEM
Estados Unidos
DURAÇÃO
124’
ANO
2015

Estrelas: 3

Quarto

Conhecemos o realizador irlandês Lenny Abrahamson através de Frank (2014), filme cuja personagem central, interpretada por Michael Fassbender, tinha a particularidade de “enfrentar” o mundo à sua volta usando uma enorme cabeça de cartão... Em qualquer caso, nem mesmo a fascinante estranheza desse filme nos terá preparado para a beleza, terrível e convulsiva, deste Quarto (Room no original, baseado no romance de Emma Donoghue, também responsável pelo argumento).

Este é um daqueles casos em que, mais do que nunca, importa respeitar o direito do leitor/espectador descobrir o filme sem receber excessiva informação sobre aquilo que vai ver — de facto, uma coisa é apresentar um filme, outra é “explicá-lo” como se se reduzisse a peripécias mais ou menos lineares.
Digamos, então, para simplificar, que esta é a história de dois seres que vivem em clausura: Jack (Jacob Tremblay) foi educado pela mãe (Brie Larson) a entender o seu quarto, não como uma divisão de uma casa, mas sim o mundo todo — não se trata de um quarto, mas de “Quarto”, como se fosse uma cidade ou um país.
Questão eminentemente cinematográfica: como expor um espaço claustrofóbico onde, em todo o caso, se vive uma vida de inusitada complexidade e energia? Mais do que isso: caso seja possível sair desse “Quarto”, como dar a ver o exterior que, afinal, para o olhar de Jack, não é o complemento físico da sua existência anterior, mas uma verdadeira galáxia, povoada de seres e significados que ele não sabe como interpretar?
É raro um objecto de cinema conseguir retomar o mais ancestral dos temas — o amor de uma mãe pelo filho — para arquitectar uma narrativa tão delicada, capaz de nos confrontar com a vulnerabilidade primordial da dimensão humana. Daí que Quarto seja, ao mesmo tempo, uma viagem fantástica e o mais realista dos filmes, uma história de radical intimismo e uma fábula contemporânea sobre a omnipresença do Mal e o desejo do Bem.
Simplificando ainda mais, acrescentemos que nada disto poderia acontecer sem uma “mise en scène” apoiada numa admirável direcção de actores. Ou ainda: Brie Larson vai ganhar o Oscar.

REALIZAÇÃO
Lenny Abrahamson

ACTORES
Brie Larson, Jacob Tremblay, Sean Bridgers, Wendy Crewson, Amanda Brugel

Duração: 118 min.

2015, Irlanda/Canadá

* * * * *

 

Assinar este feed RSS